Conference PaperPDF Available

Sistema para Armazenamento e Reconhecimento de Marcas de Proveniência

Authors:

Abstract

O sistema consiste de um repositório online, um aplicativo móvel e um servidor de aplicação Web. Utilizando o repositório, usuários de diferentes instituições poderão fazer upload de novas marcas, consultar e colher metadados de marcas já disponíveis.
Universidade Federal do Rio Grande - FURG
20aMostra da Produção Universitária - MPU
Rio Grande/RS, Brasil, 24 a 26 de novembro de 2021
ISSN: 2317-4420
Sistema para Armazenamento e Reconhecimento de Marcas de
Proveniência
PRADO, Mateus; VIAN, Alissa
BORGES, Eduardo; RODRIGUES, MARCIA
mateusp2000@hotmail.com
Universidade Federal do Rio Grande
Palavras-chave: Marcas de proveniência; Visão computacional; Aplicativo; Sis-
tema computacional.
1 INTRODUÇÃO
Nos últimos anos a preocupação com a segurança de acervos patrimoni-
ais tem aumentado devido ao aumento do índice de roubos e furtos em biblio-
tecas. Como se isso não fosse o suficiente, ainda o perigo de se perder as
marcas acidentalmente por descuido no manuseio ou até mesmo perigos maio-
res como, por exemplo, incêndios em bibliotecas. Dito isso, torna-se evidente a
necessidade de um sistema onde seja possível armazenar essas marcas digital-
mente e também reconhecê-las e identificá-las através de pesquisa de imagens
(muito útil quando uma marca perdida for recuperada). Esse trabalho é continua-
ção de um projeto de iniciação científica iniciado em 2019 e por isso visa resumir
o que foi desenvolvido até o momento atual e explicar desafios enfrentados ao
longo do ano que passou, incluindo a quase perda total de todos os dados do
repositório.
2 METODOLOGIA
O sistema consiste de um repositório online, um aplicativo móvel e um
servidor de aplicação Web. Utilizando o repositório, usuários de diferentes insti-
tuições podem fazer upload de novas marcas, consultar e colher metadados de
marcas disponíveis. Todos os dias, em um horário específico, o servidor de
aplicação Web automaticamente processa imagens adicionadas naquele dia e
salva seus descritores. Para não sobrecarregar os smartphones com processa-
mento de imagens foi decidido utilizar esse servidor. Questões de interoperabili-
dade do repositório são resolvidas usando o software Omeka.
O aplicativo mobile é utilizado exclusivamente para captura das marcas
de procedência. Para realizar o reconhecimento foi escolhido o algoritmo de
detecção de características Oriented FAST and rotated BRIEF (ORB) (Rublee
et al., 2011), que roda num servidor de aplicação Web. Após processar a foto
registrada pelo usuário, o aplicativo retorna links de 10 marcas no repositório,
ordenadas de acordo com suas similaridades em relação a imagem enviada. A
Figura 1 apresenta a arquitetura do sistema desenvolvido.
1
Universidade Federal do Rio Grande - FURG
20aMostra da Produção Universitária - MPU
Rio Grande/RS, Brasil, 24 a 26 de novembro de 2021
ISSN: 2317-4420
Figura 1: Diagrama do sistema.
Fonte: O autor.
3 RESULTADOS E DISCUSSÕES
Como mencionado anteriormente, no ano que passou tivemos um pro-
blema que quase ocasionou a perda total de todos os dados do repositório. Esse
problema foi um kernel panic, erro do sistema operacional Ubuntu que pode ocor-
rer ao inicar uma máquina. O kernel panic afetou apenas a partição de boot da
memória ssd que o servidor estava utilizando, por isso foi possível fazer a migra-
ção de arquivos essenciais da partição do sistema de arquivos da memória, que
não foi afetada.
Para fazer essa migração, foi conectada uma ssd adicional e feito o boot
através dela. Então foi montado o sistema de arquivos da memória ssd afetada
em um caminho da ssd não afetada. A partir daí, foi utilizar os comandos de
migração dos dados do repositório de uma ssd para a outra. A ssd afetada foi
formata e agora funciona como backup dos dados do sistema.
Solucionado esse problema foi empregado um sistema de backup para
caso o mesmo unfortúnio ocorra novamente. A figura 2 apresenta como esse
sistema funciona. A ssd não afetada está sendo utilizada como memória principal
e uma vez por semana envia os dados para a ssd antes afetada. A partir dos
dados enviados para a ssd formatada, também é feito um backup em nuvem no
site github para maior segurança dos dados.
2
Universidade Federal do Rio Grande - FURG
20aMostra da Produção Universitária - MPU
Rio Grande/RS, Brasil, 24 a 26 de novembro de 2021
ISSN: 2317-4420
Figura 2: Diagrama explicando o sistema de backup
Fonte: O autor.
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Além de apresentar e explicar a arquitetura do sistema proposto, este ar-
tigo apresentou um problema que pode ocorrer em qualquer servidor Ubuntu e
sua solução através de métodos computacionais.
5 REFERÊNCIAS
Rublee, E. et al. Orb: An efficient alternative to sift or surf. In: International
Conference on Computer Vision. [S.l.: s.n.], 2011. p. 2564–2571. ISSN
1550-5499.
3
ResearchGate has not been able to resolve any citations for this publication.
ResearchGate has not been able to resolve any references for this publication.