BookPDF Available

Cinema, discurso e relações internacionais: perspectivas teóricas e princípios de análise

Authors:
A preview of the PDF is not available
ResearchGate has not been able to resolve any citations for this publication.
Article
Full-text available
O artigo destaca a telenovela brasileiracomo produto cultural televisivo queganhou expressao propria ao constituir-secomo uma narrativa sobre as tematicas do cotidiano urbano e as questoes sociais emergentes no Brasil. Destacando-se, desta maneira, das demais producoes ficcionais econstituindo-se inclusive em produto de exportacao. Como obra aberta, da espaco a participacao dos telespectadores, fazendo do autor dramaturgo um profissional em constante interacao com seu publico. A infraestrutura de producao exigida faz da Rede Globo de Televisao a maior produtora de ficcao televisiva do Brasil e uma das maiores do mundo. A autora da numeros da significativa producao, fala sobre a formacao de uma grade de programacao que acabou por cristalizar um certo habito de assistir a televisao, formando uma rede de circulacao e constituicao de sentidos sobre as tematicas da vida publica e privada brasileira.
Article
Full-text available
A abordagem construtivista no estudo das relações internacionais é submetida a um exame, com ênfase nas questões epistemológicas que ela suscita e na importância da dimensão sócio-cognitiva na sua formulação e aplicação.
Article
World of our Making is a major contribution to contemporary social science. Now reissued in this volume, Onuf’s seminal text is key reading for anyone who wishes to study modern international relations.
Article
Tomando a noção de texto em sentido amplo, pretendemos, no presente artigo, mostrar a produtividade da teoria semiótica francesa – fundada por Algirdas Julien Greimas e acrescida de seus desdobramentos mais recentes, sobretudo aqueles propostos pela semiótica plástica ou visual –, na “leitura” dos planos do conteúdo e da expressão de textos tanto verbais quanto não verbais, buscando, ao mesmo tempo, apreender as relações semi-simbólicas que se instauram entre os dois planos. Com esses objetivos em mente, analisamos um poema de Mario Quintana e uma pintura de Mestre Ataíde. Palavras-chave: Texto. Plano do conteúdo. Plano da expressão. Semi-simbolismo.