BookPDF Available

Abstract

O 3º Colóquio Álvaro Vieira Pinto foi realizado, em 2018, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS, em Porto Alegre, no dia 14 de dezembro. Além de dar prosseguimento aos debates iniciados nos colóquios anteriores (UNESC e UTFPR), o evento de 2018 trouxe o pensamento de Álvaro Vieira Pinto para o seio da educação, assim como para o debate acerca das questões de gênero e de trabalho manual. Seguindo as edições anteriores, o 3º Colóquio Álvaro Vieira Pinto foi um evento gratuito e aberto a toda comunidade acadêmica e ao público em geral.
A preview of the PDF is not available
ResearchGate has not been able to resolve any citations for this publication.
Article
Full-text available
Resumo Nos últimos anos, em diversos contextos nacionais, emergiram debates sobre o que grupos - religiosos e laicos - denominam de “ideologia de gênero”. Este artigo busca retraçar a genealogia desse termo para compreender a gramática política em que se insere. Com este objetivo, retoma textos que o definem já há 20 anos, mapeia onde ele emerge na América Latina e quando passa a ser acionado contra avanços nos direitos sexuais e reprodutivos. Demandas de direitos humanos têm sido interpretadas por empreendedores morais como ameaças à sociedade, engendrando, ao mesmo tempo, um pânico moral e um campo discursivo de ação.
Article
Full-text available
Este artigo traça um breve levantamento biográfico de Álvaro Borges Vieira Pinto (Campos dos Goytacazes, RJ, ⭒1909 – Rio de Janeiro, RJ, †1987) e apresenta uma bibliografia atualizada de sua produção intelectual, trazendo novas informações e retificando algumas datas e referências. Vieira Pinto, intelectual de formação interdisciplinar, foi professor, médico, pesquisador e filósofo. Embora seja ocasionalmente apontado apenas como pensador “desenvolvimentista”, devido a sua ligação com o Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB), nas últimas décadas vem sendo reconhecido por suas lições sobre a educação de adultos, seu livro sobre o método científico, e, mais recentemente, por suas reflexões sobre as tecnologias. Como sua obra ainda é pouco conhecida e de difícil acesso, delineamos sua produção intelectual para melhor estudá-la, difundi-la e disponibilizá-la. Partimos de esforços, já realizados anteriormente, de revisão sobre sua obra, que compilamos, organizamos, indexamos e complementamos, buscando uma compreensão abrangente da obra de Vieira Pinto, como parte de um esforço de longo prazo, visando organizar um acervo digital de referência sobre este autor, que permita contribuir para sua releitura, difusão e circulação.
Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. Tradução: Denice Barbara Catani. São Paulo: Editora UNESP
  • Pierre Bourdieu
BOURDIEU, Pierre. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. Tradução: Denice Barbara Catani. São Paulo: Editora UNESP, 2004.
Tradução: Paula Monteiro
  • Pierre Bourdieu
  • Campo Científico
BOURDIEU, Pierre. O Campo Científico. Tradução: Paula Monteiro. Disponível em: https://goo.gl/vmmR5E. Acesso em 08 de jul. 2018.
Acesso em: 10 de out
Disponível em: http://anais.anped.org.br/regionais/sul2018. Acesso em: 10 de out. 2018.
Ideologia de gênero": a gênese de uma categoria política reacionária -ou: a promoção dos direitos humanos se tornou uma ameaça à "família natural
  • Rogério Junqueira
  • Diniz
JUNQUEIRA, Rogério Diniz. "Ideologia de gênero": a gênese de uma categoria política reacionária -ou: a promoção dos direitos humanos se tornou uma ameaça à "família natural"? In: RIBEIRO, Paula Regina Costa;