BookPDF Available

Culturas em Movimento - Livro de Atas do I Congresso Internacional sobre Cultura

Authors:

Abstract

Os textos que ora coligimos neste volume sobrevêm nas participações havidas no contexto da realização do I Congresso Internacional sobre Cultura, realizado nas instalações da Faculdade de Artes e Letras da Universidade da Beira Interior entre os dias 27 e 30 de outubro de 2015. Subordinado ao tema “Culturas em Movimento”, o Congresso nasceu com um duplo propósito: sedimentar o processo crescente de investigação em torno do objeto “cultura”, dando passos firmes na direção da criação de uma comunidade internacional de investigadores na área das Ciências da Cultura e dos Estudos de Cultura, e discutir a profusão de sentidos diretamente adstritos ao próprio conceito de “cultura”, interpretando-a a partir da noção seminal de “movimento”. Por sobre a intenção de ver concretizados os objetivos supramencionados, este encontro movia-se ainda no tabuleiro motivacional e simbólico da procura de pontos de interseção entre Portugal e Brasil, os dois países que, por estarem diretamente envolvidos na organização deste fórum, mais se fizeram representar no esforço de investigação produzido ao longo dos quatro dias de trabalho (programa social incluído) do Congresso.
A preview of the PDF is not available
Book
Full-text available
Encontramo-nos, no decorrer do século XXI, numa fase muito complexa do ponto de vista cultural, turístico e mediático, na qual interagem vários agentes, destacando os destinos turísticos, cada vez mais diversificados e concorrentes entre si, e os turistas, cuja capacidade para decidir a oferta mais adequada aos seus interesses está diretamente relacionada com o acesso quase ilimitado à informação. Este acesso, de facto, é favorecido e potenciado pelos novos meios e pelas TIC’s, que seriam o terceiro e mais recente elemento da equação. Esta monografia, intitulada Cultura, Património e Turismo na Sociedade Digital (Vol. 2): Diálogos interdisciplinares, é constituída por oito contributos de académicos filiados em instituições de ensino superior do âmbito ibérico, relativos às áreas da Comunicação, do Marketing, das Ciências da Cultura e do Turismo. Contudo, os núcleos problemáticos suscitados por esses textos estão intimamente ligados entre si: o turismo e a cultura, o turismo e os meios sociais, o poder do utilizador, a motivação turística e, finalmente, a sustentabilidade e o “sobreturismo”.
Chapter
Full-text available
Nos parágrafos preambulares que aqui se iniciam é pertinente assumir que o possível interesse despertado pelo pragmatismo do título, à volta de metodologias de ensino e/ou de novos métodos de aprendizagem, será, em leitores ou leitoras mais persistentes, provavelmente frustrado. O texto que se segue não apresenta fórmulas ou obvenções mas breves aporias. Resulta, essencialmente, do questionar de uma docente em permanente formação, que mantém a expectativa de aprendizagem constante ao longo de todos os futuros e expectáveis anos de atividade. Resulta também da constatação da inexistência de uma formação, curso, unidade curricular frequentada ou presença em debates que prescrevessem essas mesmas fórmulas, tendo o percurso da docência no Ensino Superior partido do puro mimetismo referencial. Reiterada a advertência, constata-se ainda que abraçar a carreira académica numa era de profusão de imagens e de informação, atenções dispersas e diversidade de interesses de alunos/as, representa uma circunstância inusual, traduzível em inúmeras potencialidades críticas. Em cursos superiores com uma forte componente cultural e/ou artística, essas potencialidades adensam-se, sobretudo para quem se questiona sobre a performatividade da sua função enquanto docente.
ResearchGate has not been able to resolve any references for this publication.