Article

O Brasil : território e sociedade no início do século XXI / M. Santos, M.L. Silveira.

Authors:
To read the full-text of this research, you can request a copy directly from the authors.

No full-text available

Request Full-text Paper PDF

To read the full-text of this research,
you can request a copy directly from the authors.

... Primer Semestre 2019;164-197. 168 El periodo actual expone la importancia de algunos factores esenciales para el incremento de la velocidad de rotación del capital: ciencia, tecnología, información y finanzas, puestas al servicio de las firmas globales, se constituyen en los elementos claves de la nueva división territorial del trabajo (Santos, 2000) que crea una jerarquía entre los lugares y redefine, a cada momento, la capacidad de acción de las personas, de las firmas y de las instituciones (Santos y Silveira, 2005). ...
... Responden a modelos de desarrollo que, en nombre del crecimiento productivo y económico, introducen, multiplican y reproducen relaciones sociales desiguales. Así el uso del territorio (Santos y Silveira, 2005), entramado constituido por sistemas de ingeniería, por la población y sus movimientos, por la distribución de la agricultura, la industria y los servicios, por estructuras normativas (legislación fiscal, civil y financiera) y por el alcance y la extensión de la ciudadanía, permite analizar la división territorial del trabajo, desde una perspectiva constitucional y relacional. ...
... En tanto que las ciudades locales y los centros regionales se tornan esenciales para la realización de la agricultura moderna, las que ofrecerán una serie de servicios a la actividad productiva (como asistencia técnica, financiera, contable, venta de insumos químicos, biológicos, maquinaria, además de involucrar a la mayor parte de los trabajadores y productores agrícolas), las metrópolis nacionales se tornarán los centros de regulación de la producción en general. De esa forma, se establece un movimiento de articulación entre las fuerzas centrífugas y centrípetas (Santos y Silveira, 2005), esto es, una relación directa entre la creciente dispersión territorial de las actividades modernas y la mayor centralización del comando productivo en pocos centros políticoeconómicos. ...
Article
Full-text available
Pensar la agriculturización como hecho territorial implica analizar el proceso desde variables que articulen los sistemas de objetos y acciones, las técnicas, las normas, las relaciones, los aconteceres, entre otros. Estas variables deberán ser puestas en diálogo y al servicio de lo que se pretende estudiar. Es entonces este el objetivo del presente escrito y para abordarlo se analizarán la evolución de las superficies cultivadas y la producción obtenida de maíz, trigo y soja en distintas provincias argentinas; la evolución de la exportación; el rol de la ciencia, la técnica y la información; y, la articulación entre la red productiva y la estructura urbana.
... pp. [17][18][19][20][21][22][23][24][25][26][27][28][29][30][31][32][33][34][35]1998. [8]. ...
... A partir deste período, a trajetória dos referidos índices sofre um reversão, cuja tendência passa a ser ascendente (resposta positiva) e distinta. Esse resultado sugere que a política monetária expansionista (via aumento na oferta de moeda) contribui para crescimento dos índices gerais de preços (inflação) com e sem petróleo em aproximadamente 2% e 0,7%,34 Portanto, estes resultados corroboram a teoria econômica ao evidenciar um relação de equilíbrio de longo prazo entre as referidas variáveis. ...
... En consecuencia, desde estas referencias, podemos visualizar cómo las innovaciones agrícolas y los nuevos requerimientos de las redes agroindustriales fueron operando de manera creciente sobre el dinamismo (cantidad, calidad e interrelación) de los flujos entre el campo y la ciudad y, a la vez, entre los distintos espacios urbanos, determinando formas y magnitudes de consumo productivo (bienes y servicios empleados en la producción agrícola) y consuntivo (consumo doméstico-familiar) diferenciales entre las ciudades (Santos y Silveira, 2001). ...
... Por caso, siguiendo a Maldonado et al. (2017), Río Cuarto es una ciudad que no solo se configura como un centro urbano de intermediación (articulación de la trama agroindustrial regional) sino también como un lugar de toma de decisiones que incide en la transformación del uso del territorio a nivel regional. 4 Las expresiones "áreas del hacer" y "áreas del mandar", ilustrativas de la división territorial del trabajo, son recuperadas por parte de Maldonado et al. (2017) de las investigaciones de Santos (1997) y Santos y Silveira (2001). ...
Article
Full-text available
La expansión y la consolidación del modelo de agronegocio experimentado en Argentina, ha conllevado profundas transformaciones socioespaciales, especialmente la renovada contigüidad/complementariedad entre lo urbano y lo rural. En el presente artículo, con base en un estudio de caso, divisamos que tales transformaciones socioespaciales no son homogéneas, dando lugar a configuraciones socioterritoriales diferenciales en las que ciertas localidades son dinamizadas por el circuito productivo del agronegocio globalizado, en tanto que otras permanecen escasamente asociadas a los fijos-flujos del modelo agrícola dominante. Ampliamos, en términos metodológicos, que las variables a contemplar constituyen los cambios en el uso del suelo y el tipo de explotaciones, las ramas industriales representativas de las redes de la agroindustria, la ocupación y condición según rama de actividad laboral, las infraestructuras y equipamientos urbanos.
... Lo anterior implica reconocer que la globalización organiza de una manera específica los fragmentos del espacio en función de los intereses de los actores hegemónicos (Santos & Silveira, 2008), forjando los espacios de la globalización (Santos, 1993). Estos se conciben como una organización intencional de recortes particulares en función de una productividad espacial, los cuales presentan cargas diferenciales de contenido y densidad técnica, enlazados a la dinámica global (Silveira, 2007). ...
... Esto produce una idea de enrejado territorial, proceso que no es homogéneo y que genera una superposición de intencionalidades y jerarquías (Silveira, 2007), un circuito diferenciado que envuelve los espacios locales. Lo anterior permite comprender que los movimientos sobre el territorio se pueden modificar, adaptar y transformar a partir de las topologías que cada empresa implementa (Silveira, 2008;Santos & Silveira, 2008) -esto es, la relación entre los puntos de interés para su operación, lo que afecta a otras empresas y la imagen del lugar, ya que se empiezan a organizar de acuerdo con la lógica dominante-y las formas de darle funcionalidad a fragmentos, en este sentido se destaca el rol de la norma para impulsar y proscribir usos (Silveira, 2014). ...
... A distribuição espacial fica ressaltada melhor no Mapa 1, onde é bem evidente o contraste da região Sul com a região Norte. Em termos gerais, esse mapa se aproxima bastante da realidade dos desequilíbrios econômicos e desigualdades sociais atualmente vigentes no Brasil (Diniz, 1993(Diniz, , 2000Santos;Silveira, 2001;Coelho, 2008). Já a Tabela 3 apresenta a variação dos salários pagos pelas FASFIL, para o Brasil e para as grandes regiões, onde se destaca a região Sudeste com os maiores valores, contrastando com o Nordeste com os menores salários médios mensais. ...
... A distribuição espacial fica ressaltada melhor no Mapa 1, onde é bem evidente o contraste da região Sul com a região Norte. Em termos gerais, esse mapa se aproxima bastante da realidade dos desequilíbrios econômicos e desigualdades sociais atualmente vigentes no Brasil (Diniz, 1993(Diniz, , 2000Santos;Silveira, 2001;Coelho, 2008). Já a Tabela 3 apresenta a variação dos salários pagos pelas FASFIL, para o Brasil e para as grandes regiões, onde se destaca a região Sudeste com os maiores valores, contrastando com o Nordeste com os menores salários médios mensais. ...
Article
O trabalho tem como objetivo analisar a distribuição espacial das organizações sociais no Brasil e correlacionar esses resultados com dados socioeconômicos. Como indicadores das organizações sociais que exercem funções na sociedade, foram tomadas as informações do IBGE sobre as fundações privadas e associações sem fins lucrativos. Já os indicadores socioeconômicos são os seguintes: Índice dos desequilíbrios regionais de Williamson, PIB per capita, Índice de desenvolvimento humano (IDH), Índice de Gini, Taxa de mortalidade infantil, Esperança de vida ao nascer e Média de anos de estudo (20 a 24 anos). Os resultados, após o emprego de uma metodologia de análise estatística e cartográfica em diferentes escalas do território nacional, indicam uma variedade de situações, mas é possível afirmar que, para os estados com melhor relação entre habitantes por organizações sociais, existe uma correlação significativa com melhores indicadores econômico-sociais. Assim, há relevância dos resultados para o entendimento da diversidade geográfica brasileira. PALAVRAS-CHAVE: organização social, capital social, indicadores socioeconômicos, desenvolvimento, Brasil. SOCIAL ORGANIZATION AND SOCIAL AND ECONOMIC INDICATORS IN BRAZIL: an exploratory study Sylvio Bandeira de Mello e Silva Barbara-Christine Nentwig Silva Maina Pirajá Silva The purpose of this work is to analyze the spatial distribution of social capital in Brazil and correlate these results with several indicators of social economic development. Information gathered from IBGE on Private and Non-Profitable Associations that play an important role in society were used. The indicators of social-economic development are the following: Williamson index of regional unbalance, GDP per capita, Human Development Index (HDI), Gini index, rate of infant mortality, life expectancy at birth and school year mean (20-24 years). We used a methodology of statistical and cartographical analysis in different scales of Brazil‘s territory. The results showed a great variety of situations. However, it is possible to assert that there is a significant correlation between better indicators of social-economic development in states with a greater balance between its number of inhabitants and the presence of social organizations. Therefore, the results are relevant for understanding Brazil‘s geographic variety. KEYWORDS: social organization, social capital, socioeconomic indicators, development, Brazil. ORGANISATION SOCIALE ET INDICATEURS SOCIO-ECONOMIQUES AU BRESIL: une etude exploratoire Sylvio Bandeira de Mello e Silva Barbara-Christine Nentwig Silva Maina Pirajá Silva L’objectif de cette étude est d’analyser la distribution spatiale des organisations sociales au Brésil et de faire la corrélation de ces résultats avec des données socio-économiques. Les informations fournies par l’IBGE concernant les fondations privées et les associations sans buts lucratifs ont servi d’indicateurs pour les organisations sociales qui jouent un rôle dans la société. Les indicateurs socioéconomiques sont les suivants: l’indice des déséquilibres régionaux de Williamson, le PIB par habitant, l’indice de développement humain (IDH), l’indice de Gini, le taux de mortalité infantile, l’espérance de vie à la naissance et la durée moyenne d’études (de 20 à 24 ans). Après avoir utilisé une méthodologie d’analyse statistique et cartographique, à différentes échelles du territoire national, les résultats témoignent d’une variété de situations. Il est cependant possible d’affirmer qu’il y a une corrélation significative avec des indicateurs économiques et sociaux meilleurs pour les états où le rapport entre personnes et organisations sociales est meilleur aussi. Ces résultats ont donc une importance fondamentale pour comprendre la diversité géographique brésilienne. MOTS-CLÉS: organisation sociale, capital social, indices sociaux économiques, développement, Brésil. Publicação Online do Caderno CRH: http://www.cadernocrh.ufba.br
... Na perspectiva geográfica, interior são áreas internas de difícil acesso, pouco desenvolvidas. Técnico, científica e informacionalmente são áreas não integradas ao restante do país e pouco conhecidas, podendo ser associadas aos chamados espaços opacos, com pouco ou nenhum grau de atração(Santos & Silveira, 2001). Nessa perspectiva, interiorizar o Ensino Superior seria levá-lo para dentro dessas áreas agregando a um movimento de expansão do acesso, possibilitando uma aproximação dos espaços luminosos ou seletivos, tão raros no território e que recebem historicamente mais modernizações.Até meados dos anos 1990, expandir o Ensino Superior em um processo de interiorização significava estender a estrutura e a cultura universitária para fora dos grandes centros urbanos em forma de campi avançados. ...
Article
Full-text available
Embora a interiorização do Ensino Superior seja, muitas vezes, discursada como sinônimo de expansão do mesmo, entendemos que ela mereça uma análise mais acurada frente aos seus desdobramentos. Nesse sentido, objetivamos nesse artigo problematizar a ideia de interiorização do ensino superior defendida pela política de descentralização da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) iniciada com a oferta de programas especiais de formação de professores a partir da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (BRASIL, nº 9394/1996). Nossos estudos ancoraram-se na análise de documentos oficiais emitidos pelo Conselho Estadual de Educação do Ceará, órgão regulador da UVA, na análise de documentos institucionais, na análise de conteúdo dos discursos proferidos pelo Reitor da instituição e em entrevistas realizadas com parceiros co-gestores que participaram da operacionalização dos programas. Com base nessas fontes foi possível identificar os elementos impulsionadores da política institucional de descentralização e sua dinâmica de operacionalização. Compreendemos que os programas de formação de professores ofertados pela UVA não contribuíram com o fortalecimento da interiorização do Ensino Superior pela ausência de uma política de formação contextualizada, regionalizada e fundamentada em princípios pedagógicos para além da demanda da certificação e pela ausência de um planejamento estratégico institucional que viabilizasse acompanhamento e avaliação dos processos formativos experimentais.
... Aunque la escala nacional esté supuestamente cuestionada por la imposición de flujos, redes, zonas y áreas de la globalización neoliberal (Dardot y Laval, 2016), sigue siendo una referencia fundamental para las políticas públicas, a través de los sistemas de clasificación/compartimentación de los usos del suelo, la regulación del territorio, los dispositivos políticos, legislativos y jurídicos de protección o flexibilización ambiental y los derechos de la naturaleza, por ejemplo. Aunque su lema no suele ser la universalización de los derechos o la reforma agraria, el Estado sigue clasificando zonas y articulando diferencias dentro del territorio nacional, mediante su capacidad de organizar la práctica de la clasificación socio-espacial, como la concibe Moore (2008), aunque, podríamos decir, de forma "extrovertida" (Santos & Silveira, 2003). Partiendo de la sugerencia de Moore (2008), observamos que los pueblos y comunidades tradicionales, siguiendo el ejemplo de los pueblos indígenas y las quilombolas, también elaboran y reconstruyen, a su manera, clasificaciones socio-espaciales mediante una política de la escala concreta, geoestratégica, a través de las formas de relacionarse con lo local, lo regional y lo nacional. ...
Article
Full-text available
In contemporary Brazil, a geopolitics of dispossession is underway in the territorialization of agro- business, of which the greatest victims are the indigenous peoples. The objective of this paper is to analyze the territories and territorialities of r-existence of indigenous peoples and traditional communities in the light of territorial conflicts in the struggle for land, water and forest. Faced with the attacks of the genocidal policies of the Brazilian State and the context of the pandemic, indigenous peoples have carried out their struggles through mobilizations, marches and r-existence. In the struggle against the pandemic, urban and climate crisis, it is important to consider territories and territorialities that fight for and by indigenous peoples, guided by the principles of environmental justice, which focus on the protection of the environment, the body-territory of the Earth, and which effectively aim to reduce inequality, poverty, oppression, violence and environmental racism.
... Más próximos a enclaves que a polos de desarrollo, esos puntos raramente contribuyeron al desarrollo de sus entornos regionales.3 Denominamos circuito especial de producción al conjunto de etapas por las cuales pasa la producción material (desde la materia prima al producto terminado) y círculos de cooperación a las etapas inmateriales necesarias en la producción (información, finanzas, patentes, etcétera)(Santos, 1988;Santos y Silveira, 2001). ...
Book
Full-text available
Este es el primero de dos volúmenes que compilan trabajos originales sobre la economía de las ciudades en América Latina. Desde una perspectiva multidisciplinaria, busca reposicionar la economía urbana bajo el hilo conductor de un enfoque crítico, alternativo al mainstream en economía y a la denominada “nueva geografía económica”, constituyendo un arco en el que caben desde la heterodoxia hasta el marxismo. La selección de autores está encuadrada en la perspectiva de la economía social aplicada a los problemas urbanos y ofrece un agudo panorama sobre las realidades de las economías de la región. Se presentan tratamientos articulados del determinismo de los mercados globalizados con el propio de los Estados, perspectivas multiescalares y consideraciones no capitalistas y de aproximaciones como el indianismo, el ecologismo y el feminismo, que se destacan en los intentos por abordar la economía de las ciudades de un modo sistémico
... ha buscado mostrar. No obstante, como contracara de estos espacios luminosos3 (Santos y Silveira, 2001), otros espacios marplatenses representan en mayor o en menor grado los dilemas con los que se enfrentan las ciudades latinoamericanas como consecuencia de su crecimiento no planificado: las dificultades en el acceso a la infraestructura y servicios, la contaminación por desperdicios y emisiones y, por último, la exposición a peligros ambientales (Ivanega, 2009;citado por Zulaica, 2015). Estas problemáticas se concentran y confinan a las lejanías, a los bordes o a la periferia de la ciudad, creando espacios opacos (Santos, 2000) que inciden negativamente en la valorización de esos territorios. ...
Article
Full-text available
El Barrio Félix U. Camet de Mar del Plata presenta condiciones de vulnerabilidad sanitaria y ambiental, lo que restringe el acceso a la salud de sus habitantes confinándolos a la desterritorialización y a su consecuente re-territorialización precaria. Sin embargo, estas personas se movilizan por sus demandas y adquieren nuevas posibilidades de re-territorializarse desde abajo conquistando sus derechos. El objetivo del artículo es analizar la lucha colectiva por el acceso a la salud de los residentes del barrio mencionado como parte del proceso de construcción de su territorialidad desde 2005 a 2015. La metodología es cualitativa utilizando el análisis documental y las entrevistas a profesionales de la salud, partícipes de la gestación y concreción de esa lucha.
... ¿acaso Chile no está atravesando la misma problemática de los incendios forestales desde hace algunos años? Aquí cabría enfocarse en el análisis de técnicas, normas y acciones que ayuden a entender los usos del territorio, es decir, cómo, dónde, por quién, por qué y para qué el territorio es usado (Santos y Silveira, 2001). ...
Article
Full-text available
En la provincia de Corrientes se localiza un inmenso humedal conocido como Esteros del Iberá sobre el que, por la creciente valorización de su uso, el Estado provincial ha decidido ejercer mayor control sobre el territorio con la idea de posicionarlo como atractivo turístico nacional e internacional. Es por ello que, desde el año 2016, se creó lo que hoy se denomina Comité Iberá, que funciona como una unidad ejecutora dependiente del Ministerio de Turismo. Este artículo tiene como objetivos caracterizar la estructura y funciones del Comité Iberá e indagar acerca de su funcionamiento proponiendo algunos lineamientos de trabajo. Metodológicamente, se pudo relevar información desde un enfoque etnográfico a partir de la observación participante, entrevistas a informantes clave y de consultas a documentos oficiales y periodísticos. Dicho Comité elaboró un Plan Estratégico del Iberá que incluye programas y proyectos que se llevan a cabo en el territorio con una significativa inversión económica. Sin embargo, teniendo en cuenta que el agua es un componente relevante de este territorio, advertimos que se dilatan los tiempos por parte de los estamentos públicos para la promoción de la Ley de Humedales.
... A continuación, podemos ver las actividades productivas que requerían de las infraestructuras de transporte y sus destinos (tabla 1). Al analizar el rol que la infraestructura cumplía en las nuevas condiciones del escenario internacional, las perspectivas geográficas nos aportan una mirada en torno a los procesos de reestructuración y reorganización sufridos por los territorios a partir de la lógica de la economía global (Santos y Silveira, 2001). Así, las inversiones en infraestructura son indicadores clave de los reajustes en los ciclos de acumulación ante las necesidades globales (Silveira, 2001), lo cual se observa en el caso del Estado brasileño y en toda la región sudamericana. ...
Article
Full-text available
Se propone realizar una contribución a los estudios sobre la integración regional, desde una visión teórico metodológica enfocada en los actores sociales de las clases dominantes y su relación con las políticas gubernamentales, en un encuadre multiescalar. Se toma la región de São Paulo como parte del Corredor Interoceánico Central de la IIRSA-COSIPLAN, y se construye un mapa de actores integrado por los actores gubernamentales, sectores económico- productivos, organismos públicos y privados de financiamiento y actores extrarregionales durante los períodos de gobierno de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011). A partir del diálogo con bibliografía especializada, se busca contribuir en la construcción de una visión analítica enfocada en la manera en la cual las dinámicas globales del capitalismo y las transformaciones socio territoriales de las últimas décadas se ven reflejadas en los procesos de integración regional.
... A retomada do interesse delas como objeto de pesquisa, nos últimos anos orienta-se por novas publicações realizadas no plano nacional e internacional, que se voltam para o debate sobre a construção da Cidade Saudável e da compreensão das especificidades do período atual tanto quanto pela constatação de que, no caso brasileiro, um país de grandes extensões territoriais, essas cidades vem ampliando seus papéis e suas funções. Isso ocorre tanto no que se refere a maior articulação com o Brasil metropolitano, quanto no que diz respeito à ampliação dos papéis urbanos, de cidades de diferentes portes (SANTOS, 1993, SANTOS e SILVEIRA, 2001 das mudas que se colocou no solo. Devido à resistência ambientalista em manusear produtos agroquímicos e a falta de tempo hábil para o manuseio de produtos orgânicos de controle de pragas, perderam-se muitas mudas e o resultado em algumas áreas revegetadas foi pífio. ...
Article
A construção da cidade saudável passa essencialmente pela construção de territórios saudáveis em que a paisagem natural ou humanizada está em destaque. O ambiente quando saudável implica na reconstrução de paisagens que proporcionem o bem-estar da população. Assim, a revegetação das áreas de Proteção Permanente (APP) na parte urbana da cidade de Estrela do Sul (MG) nas margens do Rio Bagagem encerra o conceito e a necessidade de se produzir paisagens e ambientes saudáveis que implicam essencialmente na saúde do meio e do homem. O objetivo primordial do trabalho foi o de realizar a extensão universitária em que se envolveu a Universidade Pública e os agentes sociais, comunidade e gestores públicos do município de Estrela do Sul (MG) e teve como metodologia principal a utilização de workshops com a comunidade, plantio de mudas pelos discentes da rede municipal e estadual de ensino, doação de mudas para revitalização dos quintais e palestras diversas. Os resultados foram satisfatórios quanto ao envolvimento da comunidade no trabalho, contudo o trabalho carecia de mais tempo para que os resultados da revegetação fossem também satisfatórios.
... It is worth mentioning that the first chapter, after this introduction, is a text left by the prestigious Brazilian intellectual, the late Milton Santos, and reproduced under the generous permission of the family. Professor Santos (1926Santos ( -2001 is probably the most distinguished Brazilian geographer, with an prominent international career, recipient of the 1994 Vautrin Lud Prize (considered geography's equivalent of the Nobel Prize; to date, he is the only Latin-American scholar to ever to have won it) and a posthumous recipient of the Anísio Teixeira Prize, awarded every five years by the Brazilian agency for the improvement of higher education personnel to distinguished contributors to research and development in Brazil. Santos' views about space helped to shape radical geography and renovate the discipline in the 1970s. ...
Chapter
Agri-food production and agrarian development constitute some of the most challenging areas of public policymaking, ecological conservation and socio-environmental justice nowadays. It is not by chance that George Monbiot affirmed, in a The Guardian article on 19 May 2022, that ‘the banks collapsed in 2008—and our food system is about to do the same’. Major deficiencies in food systems have become unmistakeably apparent, including conflicting values, uncertain supply chains, power imbalances and low institutional capacity and unequal rights and entitlements.
... It is worth mentioning that the first chapter, after this introduction, is a text left by the prestigious Brazilian intellectual, the late Milton Santos, and reproduced under the generous permission of the family. Professor Santos (1926Santos ( -2001 is probably the most distinguished Brazilian geographer, with an prominent international career, recipient of the 1994 Vautrin Lud Prize (considered geography's equivalent of the Nobel Prize; to date, he is the only Latin-American scholar to ever to have won it) and a posthumous recipient of the Anísio Teixeira Prize, awarded every five years by the Brazilian agency for the improvement of higher education personnel to distinguished contributors to research and development in Brazil. Santos' views about space helped to shape radical geography and renovate the discipline in the 1970s. ...
Chapter
The genocide of indigenous peoples is one of the most evident attributes of the ever-expanding agribusiness, as it releases land, labour and resources then used for the production of commodities and the circulation of capital. Contemporary genocides actualise and maintain processes characterised by intense violence, given that the underlying logic of agribusiness seems to be ‘let’s end everything before everything ends’. The genocidal basis of colonisation continues, therefore, to evolve in order to meet the present-day needs of an agri-food sector dominated by corporations, land speculators and banks (rentier capital).
... It is worth mentioning that the first chapter, after this introduction, is a text left by the prestigious Brazilian intellectual, the late Milton Santos, and reproduced under the generous permission of the family. Professor Santos (1926Santos ( -2001 is probably the most distinguished Brazilian geographer, with an prominent international career, recipient of the 1994 Vautrin Lud Prize (considered geography's equivalent of the Nobel Prize; to date, he is the only Latin-American scholar to ever to have won it) and a posthumous recipient of the Anísio Teixeira Prize, awarded every five years by the Brazilian agency for the improvement of higher education personnel to distinguished contributors to research and development in Brazil. Santos' views about space helped to shape radical geography and renovate the discipline in the 1970s. ...
Chapter
Full-text available
A key debate in the literature on the agroecology movement relates to the role of the state in promoting—or institutionalising—agroecology. On one hand, state actions are seen as necessary to enforce rules that minimise negative agri-environmental externalities, incentivise agroecological production, and support farmers during agroecological transitions. On the other, social movements and scholars articulate concerns over the potential co-optation of transformative approaches to agroecology by political and economic elites, as well as the risks associated with losing movement power (demobilisation) once policy gains are made. We investigate this tension in Brazil, where decades of social movement and civil society advocacy led to the institutionalisation of agroecology-related programming and policy, particularly under the 2003–2010 administration of Luiz Inácio Lula da Silva (“Lula”). However, subsequent government administrations have begun to systematically dismantle this institutional infrastructure. Drawing on Schiavoni's HRI framework and literature on the environmental state, we assess how historical processes, paradigms, and key actors have contributed to the institutionalisation and de-institutionalisation of agroecology in the Brazilian context.
... Para Milton Santos e Maria Laura Silveira (2006), as especializações alienígenas alienadas, A pressa em explorar os recursos minerais, tem levado aos problemas e desastres sérios, sem o estado preparar seus órgãos de regulação, fi scalização e controle, como foi o caso de Mariana em Minas Gerais e Barcarena no Estado do Pará, entregando as empresas a confi abilidade de seus atos. A economia mineral se desprende dos interesses da sociedade brasileira (SANTOS; SILVEIRA, 2006). Caso não se crie a estrutura fundamental e necessária para garantir a confi abilidade das informações, é prudente acreditar nas empresas mineradoras? ...
Article
Full-text available
Esse artigo procura debater de forma geral o conteúdo apresentado pelo Plano Nacional da Mineração (PNM) 2010-2030, proposto pelo Estado Brasileiro e contribuir analiticamente com o papel da mineração no contexto geopolítico internacional e na relação dicotômica entre os tempos da natureza e o tempo do capital. É nossa intenção contribuir para a análise do PNM e fomentar o debate democrático dentro de um cenário perverso de pobreza e riqueza das sociedades locais, a cerca da importância fundamental dos minérios para o desenvolvimento do país e sobre os confl itos gerados a partir da escolha do Estado nacional em explorar os recursos minerais em áreas polêmicas e confl ituosas no território nacional.
... No entanto, ainda considerando a Tabela 1, é possível verificar que, embora Juazeiro tenha tido um percentual de elevação na quantidade de pessoas em empregos formais, Petrolina ainda concentra a maior quantidade em termos numéricos. Apesar de teoricamente o agronegócio ser predominante na região (Ramos;Santos, & Silveira, 2012;Souza, 2014), outras atividades econômicas têm sofrido elevação na taxa de oferta de emprego formal nos últimos 5 anos, tais como o serviço industrial de utilidade pública e a administração pública. A Construção Civil foi à atividade que menos ofertou empregos na região no período analisado, sendo um dos setores mais afetados pela crise do país. ...
Article
Full-text available
As zonas de conurbação se constituem, enquanto resultado da concentração espacial de atividades e pessoas, em aglomerados urbanos; um processo que se verifica em centros urbanos com alta taxa de expansão, fenômeno que acontece quando uma cidade absorve núcleos urbanos que se localizam em suas proximidades, transformando assim a configuração social e a estrutura das cidades, de forma a se integrarem economicamente, mantendo um fluxo intenso de capitais, mercadorias e de pessoas. Juazeiro e Petrolina são consideradas cidades médias e compartilham uma dinâmica econômica e populacional, sendo cidades conurbadas. Esta investigação possui como objetivo geral contextualizar historicamente as cidades de Juazeiro e Petrolina. Tendo como auxílio os seguintes objetivos específicos: verificar os indicadores sociais e demográficos de Juazeiro e Petrolina e entender a dinâmica do mercado de trabalho formal das cidades estudadas entre os anos de 2015 e 2019. Verifica-se que a oferta de emprego vem aumentando durante os anos de 2015 a 2019, tanto em Juazeiro, quanto em Petrolina, o que implica na possibilidade de maior distribuição de renda para a população, viabilizando uma melhoria da qualidade de vida dos residentes das duas cidades. O setor agropecuário pode ser apontado como o principal responsável por este desempenho.
... A região Norte é caracterizada por rarefações demográficas e baixa densidade técnica, herdadas de períodos pretéritos do processo de ocupação espacial brasileira, tendo sido a última região a ampliar a mecanização (Santos;Silveira, 2001). Neste vasto e complexo território, houve uma expansão da população iniciando entre os anos 1950 e 1960, que resultou no crescimento de 1 para 5 milhões de pessoas vivendo na Amazônia (Imazon, 2014). ...
Article
Full-text available
Este artigo teve como objetivo apresentar um mapeamento dos números de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) e Não SUS (privado) no Brasil, ponderar as desigualdades regionais na oferta dos leitos e refletir sobre os desafios no combate ao Covid-19, que certamente exige uma razoável oferta de leitos de UTI, especialmente para os casos mais graves. Como fonte de dados realizamos um levantamento no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), através do Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (SCNES); do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) e da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). No artigo são analisados a oferta de leitos de UTI (públicos e privados) dos 26 Estados, mais o Distrito Federal, assim como as 05 regiões: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste. Por fim, conclui-se que dadas as desigualdades entre o público e o privado, bem como entre as regiões e estados do país, os princípios do SUS só serão concretizados se, e somente se, a regulação pública dos leitos for implementada. Para além de uma questão de justiça, é um mandamento constitucional, e assim sendo, deve ser cumprido em sua integralidade.
... Suas condições socioculturais criaram uma estrutura econômica que se desenvolveu basicamente em pequenas propriedades com produções diversificadas de trigo, milho, batata e frutas, além da criação de bovinos e suínos (Fajardo, 2007). Com a disseminação do meio técnico-cientifico-informacional na década de 1970, em meio ao desenvolvimento urbano-industrial das regiões Sudeste e Sul do Brasil, a manifestação da modernização técnica no contexto oeste paranaense acontece de forma expressiva no desenvolvimento do capitalismo agrário (Santos & Silveira, 2006). ...
Article
The spatial concentration of productive activities and the consequent formation of regions characterized by a given productive specialization are topics of permanent interest for economic geography. In the current historical period, marked by globalization, the processes of concentration and productive specialization are characterized by relations between local and regional conditions and global dynamics. Considering the relevance of Brazil’s participation in the global production of tilapia (Oreochromis niloticus) and, in the Brazilian context, the importance of this activity in the state of Paraná, this article analyzes the particularities of the spatial circuits of production (production-distribution-exchange-consumption) and cooperation circles that define two main regional contexts in the territory of Parana, the west and the north, in which this productive activity is concentrated. The results obtained demonstrate that the spatial conditions enable different manifestations of tilapia culture in the regional contexts analyzed, resulting in different technical modalities, and different material and immaterial flows, even though both produce the same commodity, tilapia.
Article
Full-text available
Este artigo visa compreender o uso do solo dos bairros Cabula, Resgate, Pernambués e Saramandaia, cidade de Salvador (Bahia), utilizando o método de fotointerpretação, a partir de imagens de satélite do Google Earth, no software Quantum GIS (QGIS). Foram delimitadas as classes mapeadas, com base nos padrões construtivos, que se encontram associados às diferentes condições socioeconômicas dos seus moradores, a partir da interpretação visual das imagens, utilizando-se critérios convencionais de fotointerpretação como a cor, tamanho, textura, posição, sombra, padrão e forma. Foi possível constatar que esses bairros, mesmo apresentando continuidade territorial, possuem padrões ocupacionais distintos. Os usos do solo constatados foram: áreas residenciais de alto/médio padrão, áreas residenciais verticais de alto/médio padrão, áreas residenciais de até 4 pavimentos, áreas residenciais/comerciais, áreas precárias, áreas verdes e áreas não residenciais. Identification of Land Use in Cabula, Resgate, Pernambués and Saramandaia Neighborhoods (Salvador-BA) by Photointerpretation A B S T R A C TIdentification of Land Use in Cabula, Resgate, Pernambués and Saramandaia Neighborhoods (Salvador-BA) by Photointerpretation. This article aims to understand the urban land use of the neighborhoods Cabula, Resgate, Pernambués and Saramandaia, city of Salvador (Bahia), using the photointerpretation method, using Google Earth satellite images in the QGIS software. The mapped classes were delimited, based on construction patterns and uses, which are associated with the different socioeconomic conditions of their residents, based on the visual interpretation of the images, using conventional criteria of photointerpretation such as color, size, texture, position, shadow, pattern and shape. It was found that the neighborhoods have different using patterns, even demonstrating territorial heritage. The land uses were: high / medium standard residential areas, high / medium standard residential areas, up to 4 floors residential areas, residential / commercial areas, precarious area, green areas and non-residential areas.Keywords: constructive pattern; geographic information system; urban planning.
Book
Full-text available
O Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional é um evento bianual, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – PPGDR — Mestrado e Doutorado, da Universidade de Santa Cruz do Sul — UNISC. O evento é uma continuidade dos Seminários Nacionais de Desenvolvimento Regional, cuja primeira edição foi realizada em 1996, com periodicidade anual. A partir de 2002, o evento adquiriu abrangência internacional, com periodicidade bianual, e desde então vem se consolidando no Brasil, como um dos principais eventos que possibilita a reflexão, a análise e o debate interdisciplinar sobre a temática do desenvolvimento regional, entre pesquisadores, docentes e estudantes brasileiros dos Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e demais Programas de Pós-graduação das áreas de Ciências Sociais e Humanas, bem como de pesquisadores e estudantes estrangeiros que desenvolvem pesquisas sobre essa temática. Os Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional constituem-se em espaços privilegiados para a construção de referenciais teórico metodológicos para este campo do saber, que se reveste de importância fundamental na discussão de estratégias voltadas à promoção do desenvolvimento territorial, pautado na equidade e na solidariedade. Entende-se que o território se apresenta como uma totalidade contraditória, marcada por conflitos e tensões, em que arranjos sócioespaciais particulares dão forma a regiões. Considerando o atual contexto sócio-político e econômico vigente em âmbito internacional, e especialmente em nosso país, colocar o Desenvolvimento Regional em Perspectiva significa atribuir destaque ao processo de formação do território, marcado por trajetórias diversas, caracterizado pela “unidade na diversidade”, em que o Estado tem a incumbência de gerir as contradições que adquirem formas no território. Nesse sentido, em 2021, a décima edição, teve como tema “Atores, Ativos e Instituições: O Desenvolvimento Regional em perspectiva”. Para oportunizar a discussão e a reflexão sobre essas e outras questões que o tema central do X SIDR suscita, o evento foi organizado em quatro eixos temáticos que orientarão também a composição das mesas redondas e as sessões de apresentação de trabalhos, a saber: Eixo 1 – O Desenvolvimento Regional em perspectiva: Desafios teóricos e metodológicos; Eixo 2 – Atores, Organizações Sociais e Desenvolvimento regional; Eixo 3 – Ativos territoriais e Desenvolvimento Regional; e Eixo 4 – Instituições e Desenvolvimento Regional. O presente livro que aqui apresentamos, e cujo título acompanha o do evento, é um dos importantes produtos deste já tradicional evento científico. A obra reúne capítulos elaborados pelos colegas pesquisadores que participaram do evento como conferencista e panelistas nas mesas redondas e nos eixos temáticos que compunham a estrutura do evento, bem como pelos organizadores do livro. Agradecemos ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, da Universidade de Santa Cruz do Sul pelo indispensável apoio financeiro que viabilizou a presente publicação. Agradecemos também o dedicado trabalho de Wandoir Sehn na formatação e organização dos textos originais. Por fim, destacamos que o presente livro registra um conjunto de reflexões e de aportes teóricos e metodológicos que buscam contribuir com o avanço na produção do conhecimento no campo do Desenvolvimento Regional, especialmente no Brasil e na América Latina. Desejamos uma boa leitura para todos e todas!
Article
Full-text available
Este artigo analisa como a distribuição espacial de serviços ambulatoriais da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência do Sistema Único de Saúde, no município de João Pessoa/PB, interfere no acesso a essas instituições. Para tanto, adotou-se a perspectiva metodológica qualitativa, com a construção de mapas da localização desses serviços e com análises de indicadores de vulnerabilidade dos diferentes distritos sanitários da cidade. Identificou-se que as diferenças socioeconômicas do espaço geográfico se relacionam com a história da cidade, resultando numa concentração dos serviços especializados num único distrito. Ademais, os distritos com os piores indicadores sociais apresentam menor oferta de serviços especializados de saúde para pessoas com deficiência. Tais análises apontam desafios na implantação desses serviços de saúde em consonância com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, especificamente a territorialização e a equidade, que demandam planejamento das ofertas de serviço de modo a garantir o acesso geográfico a eles.
Thesis
Full-text available
Brazil’s Federal Constitution of 1988 was a mark for the municipality movement, once it had simplified and intensified territorial division in municipalities. The former districts have seen advantages on political and administrative emancipation by the autonomy on choice making and by the growth of public resources destined to them. However, many municipalities started to function in dependence on intergovernmental transfers because their own tax revenue was low. Likewise, many new municipalities stand out on development and life quality indexes, indicating that tax distribution has made implanting infrastructure and providing quality services possible. Most studies that analyze the new municipalities’ performance concentrate on accounting aspects, although we believe that there are other factors, as relevant as those are, which should be considered to analyze the municipalities’ performance. Thus, this research’s question is how the territorial decentralization process, designed by municipal emancipations, has reflected in regional and municipal dynamics. The study’s general objective is to analyze the connection between municipal emancipation and the political and administrative profile of Regional Counsel of Development (COREDE) Serra’s municipalities, aiming to understand the administrative decentralization effects on the region. As secondary objectives, we cite discussing the connection among municipal emancipation, territory and urban regional grid, analyzing social, economic and management indexes to identify investment interests and municipal territory qualification as well as understanding the benefits, the challenges, problems and conflicts which are emancipation results on selected municipalities. The method is based on exploratory and qualitative strategies, from COREDE Serra 32 municipalities’ characterization and as a region, through secondary data (REGIC, IEDE, Census, DEE, FEE, SPGG, TCE and IFGF), to analyzing emancipation effects in three selected municipalities, Serafina Corrêa, Fagundes Varela and Pinto Bandeira, through studying public revenues management, interviews and territorial evolution analysis. We expect that this study may serve as a parameter to studying municipalities’ performances, once society and its territory are not summed up to the accounting issue.
Article
Full-text available
El artículo trata sobre el papel de la tecnología de punta en el proceso de desarrollo territorial y local de Lucas do Rio Verde, que se encuentra a 334 km (vía BR 163) al norte de Cuiabá, capital del estado de Mato Grosso. Hoy es un municipio mediano que se ha desarrollado muy rápido, y que a principios de la década del 2000 tenía una población predominantemente sureña pero, con la difusión del prodigio de los monocultivos, personas de varias regiones del país migraron a la ciudad, sobre todo tras la llegada de las multinacionales, cuando la administración pública empezó a darse cuenta de la importancia de los ciudadanos como fuente fértil de ideas para un proyecto de cocreación urbana iniciado en 2005 destinado, por un lado, a aumentar los efectos positivos de las políticas públicas a ser implementadas y, por otro lado, creando salidas para atender la demanda de infraestructura provocada por el aumento de población ocasionado por la instalación BRF/Sadia. Lucas do Rio Verde se reinventó a partir de un proyecto urbano que pretendía satisfacer las demandas de un nuevo tiempo y el resultado de esta planificación fue un gran éxito.
Article
Full-text available
Este trabalho discute a questão da reestruturação produtiva do setor secundário para as cidades médias, focalizando as cidades médias do Nordeste brasileiro. Buscou-se trazer contribuições da obra e pensamento de Manuel Correia de Andrade para as reflexões postas quanto à problemática da polarização e como este fenômeno vem se desenvolvendo nas cidades médias ao ponto que as mesmas são focos de atração da reestruturação produtiva do setor industrial. Utilizamos de revisão bibliográfica e da busca de dados empíricos secundários para consolidação da discussão. Concluiu-se que a reestruturação está se dando de forma a desconcentrar as atividades, mas centralizando o comando organizacional na região Sudeste, e que eixos e núcleos de relevada produtividade industrial se formaram sobre essas cidades.
Article
Full-text available
As cidades pequenas do Tocantins, a partir de suas inserções na rede urbana, podem ser classificadas em três tipos distintos: cidades sub-regionais, que oferecem bens e serviços para diversos municípios das proximidades, atraem redes varejistas nacionais e regionais e possuem forte especialização voltada para atender as demandas do campo moderno. Algumas delas, como Guaraí, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional, se transformam em cidades do agronegócio. Um segundo tipo de cidade pequena são aquelas de atuação zonal, que se destacam em alguma esfera da distribuição de mercadorias e serviços para municípios vizinhos. Por fim, há as cidades locais, cujas funções atendem de maneira precária a população do próprio município. Assim, esse trabalho tem por objetivo analisar os papéis e interações espaciais das pequenas cidades do Tocantins no segmento de rede urbana estadual. A pesquisa foi construída com revisão teórica e análise de diversos dados secundários, especialmente da publicação Regiões de Influência das Cidades (IBGE, 2020a), Cadastro de Empresas Exportadoras e Importadoras (BRASIL 2020b, BRASIL 2020c), Ranking Empresas Mais (ESTADÃO 2020), imagens do Google Maps, através da função Street View (2019) e de informações recolhidas nos sites de dezenas de empresas.
Article
Resumo: Este artigo versa sobre a problemática que permeia as contradições do modelo de desenvolvimento econômico, acelerado pelo processo de expansão do agronegócio nas áreas do Cerrado. Desse modo, as demandas do consumo interno e principalmente externo, reforçam o aumento do desmatamento da vegetação nativa e mudanças significativas na relação homem natureza, pois, as condições impostas pelo capital financeiro no setor das commodities agrícolas, também são responsáveis pela intensificação dos impactos socioambientais – alterando a vida das comunidades tradicionais, bem como estimulando os conflitos e violência no campo. As transformações socioespaciais impulsionadas pelo agronegócio estão alterando drasticamente a paisagem natural, ou seja, dando lugar às monoculturas destinadas ao abastecimento do mercado externo. A ausência de um manejo sustentável vem ocasionado sérios problemas e consequências para o meio ambiente e a sociedade. Sendo assim, esse modelo de desenvolvimento, é gerador de divisas econômicas, mas apresenta um custo elevado de degradação dos bens naturais. Portanto, refletir esse modelo é necessário para entender a sua lógica que prioriza somente o viés econômico, sustentado na acumulação do lucro e na concentração da riqueza.Palavras-chave: Cerrado; Agronegócio, Desenvolvimento econômico; Bioma.
Article
O estudo realizado nas cidades de Atalaia do Norte, Benjamin Constant e Tabatinga, estado do Amazonas, na tríplice fronteira Brasil-Colômbia-Peru, demonstra como o uso de mapas temáticos, que consideram a produção social do espaço, pode auxiliar na compreensão do processo de saúde-doença e nas ações de prevenção à saúde. Os mapas temáticos que identificam os circuitos de lazer e diversão nas cidades reproduzem em parte, a metodologia Situational Analysis of Sexuais Health India - SASHI utilizada em 2001 por Lambert, Bharat e outros pesquisadores em espaços urbanos semelhantes. Na produção das bases cartográficas foi organizado um SIG, com mapeamento dos diferentes lugares de uso coletivo como praças, bares, hotéis, motéis e boates estabelecendo uma classificação desses pontos, conforme atividades desenvolvidas, quantidade aproximada de freqüentadores, dentre outros elementos da representação social das doenças sexualmente transmissíveis e do HIV; visando eleger os lugares com maiores relevância para a intervenção, bem como, orientar a criação de linha de base epidemiológica das DST/HIV que poderão contribuir para o monitoramento das políticas de promoção à saúde sexual na região de fronteira. Conclui-se que a elaboração de mapas nos estudos de saúde coletiva e, sobretudo, a correta interpretação dos mesmos podem contribuir nas ações preventivas de DST/AIDS e na compreensão dos processos de saúde-doença.
Article
O espaço urbano é carregado de processos que se materializam em diferentes formas espaciais. Assim, o presente texto, intenta, a partir da consideração do processo dialético entre o espaço urbano e seus agentes atuantes na (re)produção desse espaço, fazer uma reflexão que possibilitem compreender, a partir dos reflexos desse embate, as diferentes centralidades urbanas em Maringá, que se traduzem num processo territorial, mostrando algumas especificidades da área da saúde enquanto equipamentos de usos coletivos. Nesse contexto, o trabalho visa identificar e analisar as diferentes centralidades urbanas no que diz respeito aos serviços privados da saúde em Maringá, através da concentração de atividades e fluxos de pessoas, que são importantes para a compreensão da (re)estruturação urbana.
Chapter
The formation of Brazilian society is inextricably linked to the territorial formation of Brazil, recognising the logic of Iberian colonisation and its subordinate placement in the international division of labour which, since as far back as the sixteenth century, has resulted in systematic colonisation which expropriated the original populations, transferred and subjected African ethnic groups to slave labour and established itself as an exporter of agricultural and mineral products. The process of territorial formation has led to an expansion towards the interior, with immense destruction of forests, ethnocides and wars against the indigenous peoples. Brazilian Geography was established as an important aspect in supporting the processes of colonial domination by producing knowledge about the territory, the native populations and nature. This vast knowledge of the territory was achieved through scientific expeditions, geographical societies and military institutions between the sixteenth and nineteenth centuries and, subsequently, by university institutions and research and planning institutes. This article seeks to unravel the role of geography as a body of knowledge and as a scientific discipline in the territorial and social formation of Brazil, setting out the contradictions in the process by proposing that the violence was not only material, but also symbolic and epistemological, expressed in a range of social conflicts as a result of the colonial logic of territorial appropriation. Finally, it seeks to elucidate the social conflicts in the formation of the territory and covered by geographical discourses and ideologies present in a range of types of literature, such as the school geography literature which treated Brazil as a peaceful, idyllic and paradisiacal country.KeywordsTerritorial formationSystematic colonisationHistorical geography
Thesis
Full-text available
A tese tem por título: A Sobrevivência de Escolas do Centro de Fortaleza em cenário de transformações urbanas. Buscou-se privilegiar a relação da escola com o território enquanto espaço geográfico, histórico e social, na tentativa de compreender se o processo de transformações urbanas influencia na sobrevivência das escolas públicas que estão na região do centro de Fortaleza. As escolas de ensino médio que estão situadas no centro da cidade de Fortaleza destacam-se no cenário educacional pela sua trajetória e representação social presente nas histórias de vida dos estudantes. São escolas que sempre foram muito bem-conceituadas pela população por apresentarem uma sólida formação pautada nos princípios éticos e com ensino de qualidade. Porém, nas últimas décadas, fatores como, a expansão da cidade, as mudanças do comércio do centro para os bairros, o esvaziamento do centro em termos de ponto de encontro e moradia, os problemas de mobilidade urbana, a insegurança e a violência vêm causando um forte impacto na sobrevivência destas escolas, mesmo aquelas historicamente conhecidas pela qualidade da infraestrutura e serviços educacionais.
Chapter
Land grabbing has changed the agrarian question on a world scale, much more intensely from the first decade of the twenty-first century with the financialisation of agriculture, producing the global agrarian question. In Brazil, a new ‘administrative region’—MATOPIBA—was created mainly to meet the territorialised interests of financial capital in the production of flexible commodities.
Article
Full-text available
As redes hoteleiras internacionais formaram-se a partir da segunda metade do século XX, com o fim da Segunda Guerra Mundial, na Europa e Estados Unidos, devido à concentração e centralização de capitais e pelo aumento do fluxo de viagens. A entrada de capital internacional na rede hoteleira no Brasil iniciou-se na década 1970, nos grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro e nos destinos turísticos de "sol e praia". Na década de 1990 houve um crescimento da atuação das redes hoteleiras internacionais no país, concentrando-se nos principais centros de negócios e cidades turísticas. É nesse período que ocorre uma "interiorização da rede hoteleira internacional" para cidades do interior, ditas médias. A cidade de Maringá/PR está passando por um período de crescimento econômico, fato que tem atraído redes de hotéis de capital nacional e internacional, como, por exemplo, a rede Accor, que começou a operar na cidade no ano de 2004.
Article
Full-text available
O escrito visa atualizar o debate sobre a pretensa criação do estado do (Rio) São Francisco no atual Oeste Baiano. Para tanto, são feitas (a) uma contextualização geográfico-histórica da implantação da nova dinâmica produtiva em escala regional; (b) um debate sobre a relação entre a implantação de novas zonas de expansão da agricultura e a formação de um elite reivindicante pela criação de novas unidades federativas e (c) a análise de questões relativas à construção de mitos que servem para forjar um discurso de caráter identitário como representação do anseio separatista.
Article
Full-text available
Resumo: Este artigo tem como objetivo debater as afirmações e contradições do desenvolvimento que se processa em regiões que pautam a economia no agronegócio. Para tanto, tomou-se como base de pesquisa os municípios de Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Sorriso, localizados na região norte do estado de Mato Grosso, cuja economia pautada no chamado agronegócio, também conhecido como Complexo Agroindustrial, apresenta índices sócio-econômicos que os apontam como dinâmicos economicamente e desenvolvidos do ponto de vista social. Neste sentido se procura demonstrar que se por um lado há um processo de desenvolvimento, o mesmo apresenta contradições que só podem ser resolvidas a partir do processo histórico engendrado nas relações sociais. No entanto, estas mesmas relações se por um lado dinamizam e aceleram o desenvolvimento do agronegócio, por outro explicitam seus limites. Palavras-chave: agronegócio; desenvolvimento; processo histórico.
Article
Full-text available
Muitas cidades intermediárias na rede urbana brasileira experimentaram intenso crescimento populacional na década de 2000. Possivelmente, esse fato causou importantes modificações na organização espacial dessas cidades, como a dispersão da área urbana ou sua fragmentação socioespacial. Este artigo apresenta o estudo de caso de Paragominas, cidade localizada na parte oriental da Amazônia brasileira e que teve intenso crescimento populacional nessa década. Desenvolveu-se um sistema de informações geográficas (SIG) para realizar o estudo, baseado em dados socioeconômicos desagregados por setores censitários (2000 e 2010), com apoio de imagens de satélite e observação de campo. Os resultados mostraram que o tradicional padrão de expansão urbana de Paragominas, caracterizado pela baixa densidade populacional e continuidade espacial em relação à área urbana existente, não mudou na citada década. O estudo também concluiu que a fragmentação urbana ainda não está presente, mas deverá acontecer nos próximos anos, com a implantação, já iniciada, de condomínios fechados.
Conference Paper
Full-text available
No decorrer das últimas décadas, o Nordeste do Brasil experimentou uma série de transformações de ordem política e econômica que fizeram com que a região se tornasse o mais novo lócus da acumulação de capital no país. Dentre os estados nordestinos, o Ceará se apresentou como um território auspicioso para a expansão de diversos setores produtivos, dentre os quais a indústria calçadista que, em razão da necessidade de se manter competitiva no mercado internacional, atravessou pelo processo de reestruturação produtiva e territorial ainda na década de 1990, deslocando para diversos municípios cearenses grandes plantas produtivas, na qual inseriu esses lugares a uma lógica produtiva global, através da produção de calçados. No Ceará, a cidade de Sobral se destaca como o mais expressivo território produtivo calçadista, fato que se justifica pela localização de unidades produtivas da Grendene S.A. Diante dessa realidade, a pesquisa busca entender a relação indústria calçadista e território a partir da empresa Grendene na cidade de Sobral, bem como apreender os aspectos gerais da mobilidade da produção e da força de trabalho. O estudo consistiu em (i) revisão de literatura, (ii) documental e (iii) levantamento estatístico. Os resultados revelam a intrínseca relação indústria e território na cidade de Sobral nos últimos anos, sobretudo no que concerne às materializações técnicas para a fluidez da produção e de força de trabalho em um período recente.
Article
Descrevo, neste artigo, as mudanças na organização da performance e as dinâmicas espaciais que o palco estabeleceu na prática musical de sambadores de Cachoeira, Bahia. Para tanto, analiso dois processos coetâneos e inter-relacionados: a profissionalização do samba em Cachoeira através de uma categoria local de espetáculo, a tocada; e a transformação das festas religiosas de largo em grandes eventos do calendário cultural e turístico baiano. Dentre tais festas, o São João Feira do Porto é apresentado como um evento exemplar do estabelecimento do palco como um novo território para o samba e as festas de largo. O artigo tem por objetivo demonstrar que a espetacularização das festas de largo e as tocadas de samba criaram uma espacialidade sonora que conflui eventos, pessoas e repertórios – outrora dispersos por um sem-número de eventos entrelaçados por redes de sociabilidade locais – para um mesmo lugar, o palco.
Article
Full-text available
This article aims to discuss the role of the average city in the territorial division of labor and the urban network in which it operates and maintains relations. Thus, the cut will be given to the configuration of space circuit of production and worker flows of the company Marilan S/A, located in the city of Marilia (SP). Given the configuration of technical material and immaterial networks and the development of sectoral policies, industrial production has been scattered throughout the territory. In this context, the medium-sized cities have entered into complex production circuits, where interrelations and multi-scalar are drawn between agents linked the various phases of globalized production of goods, re- quiring readings to understand the new dynamics underway in the territory.
Chapter
Full-text available
En dos textos precedentes he explorado la red latinoamericana de ciudades, vinculada a la idea de Ciudad global (Montoya, 2004, 2009). Sin embargo, los últimos diez años han visto una transformación importante de la economía, la sociedad y la política latinoamericana. Los comienzos del siglo XXI fue un periodo relativamente optimista y tranquilo, apalancado por el boom de los commodities y políticamente dirigido por movimientos de izquierda, los cuales alcanzaron a gobernar siete países en América del Sur e implementaron políticas entusiastas de bienestar. Empero, la crisis del 2008 y luego el derrumbe de los precios de las materias primas en el 2014 sumieron a algunos de estos países en profundas crisis políticas, económicas y sociales de las que, luego de varios años, aún no logran salir (Venezuela, Argentina, Brasil). Otros, como Colombia y Perú, lograron estabilizar sus economías; y otros más como Chile y Bolivia mantuvieron las mismas tendencias de desarrollo. A la luz de estos cambios, los impactos sobre la red urbana requieren de nuevos análisis, pues, mientras ciudades como Lima aumentaron su importancia, Bogotá y Santiago mantuvieron sus posiciones; otras como Caracas fueron progresivamente desapareciendo de los rankings. Pero no solamente la realidad urbana ha cambiado; las narrativas sobre los sistemas de ciudades y la globalización, especialmente aquellas asociadas a las ciudades mundiales, también lo han hecho (Parnreiter, 2013; Krätke, 2014). De una globalización incuestionable a finales de la década de 1990, hemos pasado a una revaluación de los procesos, con la consolidación de algunos fenómenos, la reconfiguración de otros y la inclusión de ideas relativamente nuevas como las Cadenas globales de valor (Coe y Yeung 2015, Rodrik 2013, Dicken 2011). La anterior discusión conduce al objetivo de este escrito: evaluar el estado actual de la red latinoamericana de ciudades y su reestructuración reciente como consecuencia de una globalización asimétrica, frente a la cual algunas ciudades se han consolidado, mientras otras tienen dificultades para mantener sus posiciones. El texto se organiza en tres partes: , una discusión sobre las ideas actuales de ciudades mundiales, emparejada a la teoría de sistema-mundo; un segundo capítulo que plantea los elementos metodológicos básicos a considerar; y un aparte tres que caracteriza, con datos económicos, demográficos y de flujos (transporte, telecomunicaciones y capitales), la jerarquía actual de la red de ciudades, asociándola a sus espacios de influencia y la posición de los Estados nación a los que pertenece, con el espacio económico global. Finalmente se decantan algunas conclusiones.
Article
Full-text available
A privatização da Eletrobras está ligada a um movimento de ampliação da proeminência financeira sobre ativos e setores estratégicos. Empresas desse porte são muito visadas pelo mercado de ações porque operam com caixas muito altos e possuem fluxo contínuo, patrimônio acumulado e a possibilidade de elevação da extração de valor por meio de regulação tarifária. Esse movimento, contudo, representa a imposição de um modelo comprovadamente ineficiente e danoso à sociedade brasileira ao retirar da Eletrobras a sua função social. Este artigo analisa o processo de desestatização da empresa desde a apresentação da primeira Medida Provisória em 2017 até a formalização da privatização em junho de 2022 na Bolsa de Valores B3, sediada em São Paulo. Apresenta também um conjunto de dados, mapas e informações que ajudam a evidenciar as estratégias pré-privatização que se concentraram especialmente em 2020 e 2021, culminando no que podemos denominar de gestão geradora (ou aceleradora) de crise como artifício de convencimento, de desarticulação do setor e de viabilização da privatização. As consequências desse processo, delineadas na última parte, expõem uma política que amplia a vulnerabilidade econômica do país bem como a sua condição de dependência e atraso.
Article
El objetivo es comprender el fenómeno técnico contemporáneo en la modernización del campo, que aquí buscamos considerar de forma más específica a partir de la idea de la cognoscibilidad del planeta formulada por el geógrafo brasileño Milton Santos. Nos referimos a las nuevas posibilidades técnicas y científicas de conocer y aprehender diferentes fenómenos que ocurren en la superficie de la Tierra. Ese conjunto de objetos y técnicas permite a las empresas de distintos tamaños ofrecer servicios avanzados de agricultura de precisión en el área concentrada de Argentina, conformada por la Ciudad Autónoma de Buenos Aires y las provincias de Buenos Aires, Córdoba y Santa Fe.
Article
Full-text available
A cafeicultura é a terceira atividade agrícola com maior importância econômica em Rondônia e está passando por um processo de modernização técnica. Dessa forma, este trabalho apresenta uma proposta de periodização espaçotemporal da produção de café no estado, apontando as características técnicas utilizadas em cada período, compreendendo assim, as transformações espaciais ocorridas em Rondônia durante sua formação territorial e incorporando a ciência na produção de café. Além de periodizar a atividade, para entender o processo de modernização da cafeicultura, entendemos que no decorrer da história, formaram-se três importantes regiões de produção de café no estado: a região de Cacoal; a região da Zona da Mata e do Vale do Guaporé; por fim, a região de Machadinho D’Oeste. A formação de regiões produtivas de café resulta da divisão territorial do trabalho e da especialização, integrando-se ao circuito espacial de produção do café em escala local, nacional e internacional.
Book
Es imperativo buscar nuevas formas de abordar e indagar las violencias en ciudades latinoamericanas desde la Salud Pública. Este libro responde a esa necesidad, estudiando la violencia urbana como una expresión o un síntoma de la conflictividad social, cuyos procesos malsanos muchas veces implican y producen muerte, multiplicando la violencia (homicida). Para dicho análisis se examinan los malestares y los procesos salud-enfermedad y muerte que se derivan de lo que se conoce como violencia urbana. Los (des)ordenamientos territoriales, la fragmentación y la polarización urbana son características del “neoliberalismo realmente existente” en ciudades del Sur global. Por tanto, esta obra los examina como referentes centrales para entender el fenómeno de la violencia urbana. Además, esta obra se alimenta teóricamente de conceptos propuestos por la Medicina Social y Salud Colectiva Latinoamericana y por la Geografía Crítica Latinoamericana. Para un análisis empírico, se examinan los casos del barrio San Bernardo en Bogotá y el complejo de favelas de La Maré en Río de Janeiro, barrios azotados por (des)ordenamientos territoriales, donde confluyen violencias, se produce muerte, pero también se articulan resistencias.
Article
Full-text available
Podemos afirmar que o processo de tecnificação do território ocorre em escalas e intensidades distintas. Na região Nordeste, por exemplo, esteve vinculado inicialmente, em alguns casos, às políticas de “combate” a seca na porção semiárida. Esse processo se encontra em curso e nosso objetivo é analisar as mudanças no sistema produtivo agropecuário resultante do processo de tecnificação do território no semiárido paraibano, evidenciando como ele se materializa no espaço de forma, de tempo e de intensidade distintos. Como base para nossas reflexões, nos apoiamos em autores que têm estudado amplamente o processo de modernização da agropecuária brasileira bem como as ações do Estado na configuração e tecnificação do território, além disso, os dados coletados em nossas pesquisas de campo e no SIDRA/IBGE, nos auxiliaram na compreensão do fenômeno aqui estudado. Por fim, ressaltamos ainda que esse processo é seletivo e na mesma medida que objetiva as transformações na base técnica produtiva, também provoca a marginalização dos que não possuem maior capital para se inserir no processo.
Article
Full-text available
As regiões portuguesas constituem-se divisões importantes na análise do desenvolvimento regional e econômico, apresentando funções relevantes graças as suas particularidades. Como ponto de partida na análise desse desenvolvimento, destaca-se a Região Alentejo, em especial o Distrito de Beja. Cabe fazer referência entre Litoral/Interior, oposição mais forte no País no que se refere às questões regionais e econômicas; evidenciar o papel das feiras na economia da referida região; investigar as principais atividades econômicas desenvolvidas no Interior Sul de Portugal. Para tanto, centra-se numa investigação histórica e da realidade atual, buscando um maior entendimento da noção de industrialização, comércio, feira e serviços, a partir da construção de um referencial teórico a respeito do tema proposto e das constatações empíricas feitas na área de estudo. Pode-se dizer que o Interior Sul de Portugal, possui cidades de destaques, tornando-se grandes centros econômicos dinâmicos relevantes, com um crescimento visto não somente nas próprias cidades como na região ao seu entorno. Trilhando por este caminho, cita-se a cidade de Beja (localizada no Baixo Alentejo na região Alentejo) que de forma direta ou indireta influencia a sub-região e interior a qual pertence.
Article
Full-text available
Objetivo: describir y analizar las principales características de un programa católico de atención de los consumos de drogas en villas de la Ciudad de Buenos Aires: el Hogar de Cristo. Metodología: cualitativa. Se basa en la realización de observaciones participantes en seis dispositivos localizados en la Ciudad de Buenos Aires y de 36 entrevistas semi-estructuradas a informantes clave. Resultados: El Hogar de Cristo contempla una gran cantidad de dispositivos de atención y acompañamiento para personas en situación de vulnerabilidad social y con consumos problemáticos de drogas. Conclusiones: Para las/os referentes entrevistadas/os, la dimensión territorial del abordaje (entendida como la posibilidad de ejercer cierto control sobre el territorio) y la dimensión religiosa (conceptualizada como la capacidad de recibir la vida como viene y acompañarla en su integralidad) constituyen la condición de posibilidad de un abordaje adecuado de los consumos problemáticos de drogas en villas de Buenos Aires.
Conference Paper
Full-text available
O debate acerca da importância da participação popular na implementação de políticas de planejamento urbano se consolidou como um tema recorrente na literatura graças a sua relevância para pensarmos estratégias de superar os limites impostos por um modelo de planejamento tecnocrata e determinista físico-territorial. O escopo deste artigo é discutir a proposta metodológica, voltadas ao planejamento, construída a partir de reflexões de quatro autores latino-americanos Fals Borda (1981), Matus (2006), Souza (2006) e Bozzano (2020), que tem como elo a defesa da participação popular. A metodologia utilizada foi o levantamento do referencial teóricometodológico sobre a temática e análise dele. Conclui-se que utopia de transformação socioterritorial visando o direto à cidade, pode-se sedimentar mediante a força que advém da participação popular, para tanto é necessário repensar a formas de elaboração de planejamento urbano, neste sentido sobressai as perspectivas de planejamento urbano alicerçada na defesa da participação popular foco desta análise. Palavras-chave: Participação popular; abordagens de planejamento, democratização do planejamento.
Article
A presente pesquisa realiza uma análise crítica a cerca da construção histórico-temporal dos regimes alimentares na contemporaneidade e suas relações com o consumo de alimentos funcionais. Dessa forma, faz-se necessário caracterizar a sociedade contemporânea que, ao longo do tempo, está transformando seus hábitos alimentares a partir de produtos que manifestam símbolos sociais. Em primeiro momento, investigam-se os regimes alimentares na contemporaneidade, bem como, a sociedade de consumo. Num segundo momento, destaca-se o circuito espacial produtivo de um alimento funcional, qual seja: a proteína do soro do leite. Considerando a escassez de trabalhos científicos sobre a produção de alimentos funcionais e suas implicações espaciais, foram investigados os circuitos espaciais de produção de 6 importantes indústrias desse ramo industrial, quais sejam: ADS Laboratório Nutricional Ltda. (Atlhetica Nutrition), New Millen Produtos Alimentícios Ltda., Pro Corps Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Ltda., Pronutrition do Brasil Indústria e Comércio de Suplementos Alimentares Ltda., Supley Laboratório de Alimentos e Suplementos Nutricionais Ltda. (Max Titanium) e Vida Forte Nutrientes Indústria e Comércio de Produtos Naturais Ltda. (Vitafor). Assim sendo, urge compreender as potencialidades que consumo de alimentos funcionais incidem na sociedade contemporânea.
ResearchGate has not been able to resolve any references for this publication.