Conference PaperPDF Available

Cultura e Identidade como imagem de si: simulacros organizacionais corporificados no discurso institucional

Authors:
Scanned by CamScanner
Scanned by CamScanner
Conference Paper
Full-text available
A atividade laboral contempla caminhos constituídos pelas experiências de sujeitos e de normas prescritivas que definem a larga distância entre o trabalho indicado e o trabalho efetivamente realizado nas organizações. As normativas para a execução de uma tarefa é o prescrito, aquilo que é pré-indicado, pré-determinado pela direção da empresa. No entanto, no decorrer da história empresarial, percebe-se modificações nesses processos, configurando-se novas formas de atuação, assim como criação de setores, aquisição de equipamentos novos, participação de agentes formadores de culturas de treinamento empresarial entre outros. Porém, cabe ressaltar que o próprio trabalhador influencia a formação do processo instituído no seu fazer. Isso porque, de acordo com suas vivências, suas formações escolares, seus hábitos, sua cultura familiar etc. o direcionam para uma conduta extremamente pessoal, o chamado uso de si ou uso do corpo-si. Não se pode esquecer que, como ele, outros colegas de trabalho estarão desempenhando suas próprias funções concomitantemente e, muitas vezes, juntamente com esse trabalhador. É nesse sentido que a ergologia se posiciona como um estudo fundamental para o reconhecimento de discursos internos, capazes de reverberar na construção da cultura empresarial. O estudo ergológico intenciona a verificação de outros processos para o estudo do discurso. Inicialmente, o estudo conceitual sobre o ethos é fundamental para compreender o sujeito trabalhador, sua formação enquanto ser social, devido, inclusive, à representatividade que projeta em seu cargo, no seu contexto laboral. A representação está inserida na linguagem e sua formação constitui uma projeção da cena enunciativa à qual o sujeito se expõe. A análise da cena enunciativa é fundamental para se entender o contexto em que se atua e, acima de tudo, onde a cultura se multiplica, se projeta, se modifica. Os 1 Artigo a ser apresentado na seguinte seção: S1. Estudios y análisis del discurso.
ResearchGate has not been able to resolve any references for this publication.