ArticlePDF Available

As percepções da gravidez de risco para a gestante e as implicações familiares

Authors:
A preview of the PDF is not available
... As repercussões emocionais da gravidez tendem a estar associadas a sentimentos ambivalentes e contraditórios, tais como insegurança e medo 9 . Em se tratando de gestantes com DMG esses sentimentos tendem a se somar às preocupações relacionadas à doença, como a angústia com o que possa vir a acontecer com ela mesma e com o bebê 9 . ...
... As repercussões emocionais da gravidez tendem a estar associadas a sentimentos ambivalentes e contraditórios, tais como insegurança e medo 9 . Em se tratando de gestantes com DMG esses sentimentos tendem a se somar às preocupações relacionadas à doença, como a angústia com o que possa vir a acontecer com ela mesma e com o bebê 9 . Além disso, as gestantes com DMG necessitam se adaptar às mudanças na rotina alimentar e monitoramento constante da glicemia 9 , podendo este novo contexto representar uma situação estressora. ...
... A hospitalização também pode influenciar economicamente a unidade familiar, e a expectativa quanto às possíveis dificuldades financeiras que também é fator de alterações emocionais 9 . ...
Article
Full-text available
Objetivou-se investigar como gestantes internadas para controle da diabetes mellitus gestacional vivenciaram o diagnóstico e a necessidade de internação para controle da doença. Buscou-se ainda identificar as estratégias de coping utilizadas para o enfrentamento da doença e as percepções sobre os aspectos emocionais possuírem relação com o descontrole glicêmico. Realizou-se uma pesquisa qualitativa-descritiva, com entrevistas semiestruturadas, e seis gestantes, no período de maio e junho de 2018. A análise dos dados ocorreu de forma indutiva, a partir da transcrição na íntegra e leitura curiosa e exaustivadas entrevistas, organizadas a posteriori em quatro eixos temáticos, analisados embasados na literatura do campo das doenças crônicas, gestantes e coping. Os resultados evidenciaram sentimentos como ansiedade e angústia frente ao diagnóstico e dificuldades com mudanças alimentares na hospitalização. As principais estratégias de enfrentamento relacionaram-se ao autocuidado e suporte social/familiar. Nos aspectos emocionais, não houve consenso que seja fator determinante para alterações na enfermidade.
... Após a leitura criteriosa e análise dos artigos, notou-se que a amostra pesquisada nas publicações encontradas foi heterogênea, contemplando gestantes, crianças, mulheres, mães e prontuários/registros e, em grau menor, outras populações, tais como profissionais da saúde. Tal resultado está em conformidade com a literatura que aponta sobre a possibilidade de o risco afetar tanto a gestante quanto seu filho (Brasil, 2010;Gama, Szwarcwald, Sabroza, Branco & Leal, 2004;Costa, 2002;Brasil, 2001). ...
... Os aspectos fisiológicos percebidos no presente estudo, tais como a diabetes, ginecopatias, hipertensão, peso e consequências reprodutivas adversas estão em conformidade com o Manual Técnico de gestação de alto-risco (Brasil, 2000) que, conforme mencionado previamente, prevê a ocorrência desses fatores em gestações cujo risco esteja aumentado. Já os aspectos psicossociais como o estresse, apoio social, fatores socioeconômicos, transtornos mentais e idade já foram apontados na literatura (Brasil, 2010;Pereira & Lovisi, 2008;Costa, 2002), corroborando com os resultados obtidos nessa revisão. ...
... Após a leitura criteriosa e análise dos artigos, notou-se que a amostra pesquisada nas publicações encontradas foi heterogênea, contemplando gestantes, crianças, mulheres, mães e prontuários/registros e, em grau menor, outras populações, tais como profissionais da saúde. Tal resultado está em conformidade com a literatura que aponta sobre a possibilidade de o risco afetar tanto a gestante quanto seu filho (Brasil, 2010;Gama, Szwarcwald, Sabroza, Branco & Leal, 2004;Costa, 2002;Brasil, 2001). ...
... Os aspectos fisiológicos percebidos no presente estudo, tais como a diabetes, ginecopatias, hipertensão, peso e consequências reprodutivas adversas estão em conformidade com o Manual Técnico de gestação de alto-risco (Brasil, 2000) que, conforme mencionado previamente, prevê a ocorrência desses fatores em gestações cujo risco esteja aumentado. Já os aspectos psicossociais como o estresse, apoio social, fatores socioeconômicos, transtornos mentais e idade já foram apontados na literatura (Brasil, 2010;Pereira & Lovisi, 2008;Costa, 2002), corroborando com os resultados obtidos nessa revisão. ...
Article
Full-text available
The objective of this research was to accomplish a revision of the literature to identify the psychosocial factors related to gestation risks. The articles were chosen through four databases. After passing the inclusion criteria, 60 articles were analyzed through descriptive statistics and content analysis. Among the findings, it is emphasized that in relation with the final sample, 61,67% of the researches were conducted in the USA while Brazil appeared in the second position, representing 5,00%. The largest number of publications concentrate in the year of 2011(23,33%) and there was a fall in 2015 (11,67%). As regards the magazines which the articles were published, 63% belong to the medical field, while psychology represented only five magazines (12%). And 75% of the articles pointed the use of substances, 66,67% mentioned depression and 46,67% the anxiety. In addition to these comorbidities, other elements were identified, such as domestic violence (17%). Although the studies suggest that it is possible to identify the prevalence of determined psychosocial risks during pregnancy, future research and discussions on the subject are given in order to provide preventive measures and promoting women's health.
... Concluye que identificar riesgos y marcadores biológicos precozmente es fundamental para la prevención o reducción de los riesgos de mortalidad materna y fetal. En 2006 Santos (16) sugiere que el equipo de enfermería debe estar atento a todos los acontecimentos y dudas de la gestante, disminuyendo su sufrimiento a través de la orientación y ayuda, por ello Enfermería precisa de conocimientos y sensibilidad para identificar, entender y acompañar el proceso fisiológico y emocional que interviene en la gestación de alto riesgo (17) . ...
Article
Full-text available
Revision narrativa de enfoque cualitativo que analiza el sindrome HELLP como una de las principales complicaciones de la hipertension arterial en el embarazo. HELLP significa: H: hemolisis, EL = enzimas hepaticas elevadas y LP: disminucion del numero de plaquetas circulantes. Cuando una mujer embarazada en estado de pre-eclampsia presenta alteraciones clinicas o de laboratorio compatibles con hemolisis, se puede considerar la posibilidad de sindrome de HELLP. Cuando el cuadro materno es estable es posible seguir el embarazo con la utilizacion de corticoides en la induccion de la maduracion del pulmon fetal, con reduccion de las complicaciones maternas y neonatales, dado que en el sindrome HELLP la interrupcion del embarazo es el unico tratamiento capaz de disminuir el sindrome. Este estudio destaca la importancia de la propedeutica investigadora para el diagnostico del sindrome HELLP cuando embarazadas hipertensas con pre-eclampsia son asistidas por la enfermera en las consultas de prenatal.
Article
A gestação de alto risco é caracterizada por ser um momento em que a vida ou a saúde da mãe e/ou do feto e/ou do recém-nascido está submetida a maiores chances de morte que a média da população considerada. O estudo objetivou apresentar dados sobre o perfil de gestantes de alto risco e identificar os aspectos psicossociais ligados à gravidez. A amostra foi composta por 74 mulheres grávidas em um hospital no município de Juiz de Fora, MG. Elas responderam ao PHQ-2, a EPSS, ao IDATE, ao ASSIST e a um questionário sociodemográfico e clínico. Foi possível observar a prevalência de sintomas de depressão, ansiedade, baixo suporte social e uso de substâncias na população avaliada. As análises confirmaram correlações entre características sociodemográficas, clínicas e aspetos psicossociais. Os resultados demonstram a relevância de se conhecer o perfil dessas mulheres para a melhora na elaboração de estratégias de suporte direcionadas ao enfrentamento de possíveis fatores que possam interferir no bom andamento da gestação.
Article
A gestação é um fenômeno biologicamente natural e é considerada de alto risco quando há maior perigo para a saúde da mãe e do feto, devido a alguma doença materna. O objetivo deste trabalho foi desenvolver e aplicar um manual de orientações e cuidados às gestantes de alto risco, identificando sua influência no desempenho ocupacional e estresse. Consiste em estudo transversal, de acompanhamento com avaliação antes e depois. Utilizou-se a Medida Canadense de Desempenho Ocupacional (COPM) e a Escala de Estresse Percebido (PPS-10). A amostra do estudo foi composta por onze gestantes de alto risco internadas. A COPM identificou 2,9 pontos para a área de Desempenho e 2,7 pontos para área de Satisfação com o desempenho na primeira avaliação e 4 pontos e 4,2, respectivamente, na segunda avaliação após a aplicação do Manual de Orientações. A PPS-10 indicou 21 pontos na primeira avaliação e 17,9 pontos na reavaliação. Nesse sentido, acredita-se que grupos de apoio às gestantes, estabelecendo espaços de diálogo e escuta, permitem a construção de alternativas para enfrentamento das dificuldades advindas da internação.
Obstetrícia prática. 6
  • Horta Barbosa
  • Luiz Aguirre
HORTA BARBOSA, Luiz Aguirre. Obstetrícia prática. 6. ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 1981. 1020 p. (Ginecologia-obstetrícia).
Alto risco em obstetrícia: um enfoque multidisciplinar
  • Robert A Drukker
In: KNUPPEL, Robert A.; DRUKKER, Joan E. Alto risco em obstetrícia: um enfoque multidisciplinar. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996. 630 p. p. 13-36.
Idevânia Geraldina Costa Author's address: R. Barão do Amazonas, 2241 Aptº 31 Jd. Sumaré 14025-110 Ribeirão Preto-SP E-mail: idevania@terra.com.br Entrada na revista
  • Autora Endereço
Endereço da Autora: Idevânia Geraldina Costa Author's address: R. Barão do Amazonas, 2241 Aptº 31 Jd. Sumaré 14025-110 Ribeirão Preto-SP E-mail: idevania@terra.com.br Entrada na revista: 28/08/01
Enfermagem clínica: aspectos fisiopatológicos e psicossociais
  • Irene L Beland
  • Passos
  • Y Joyce
BELAND, Irene L.; PASSOS, Joyce Y. Enfermagem clínica: aspectos fisiopatológicos e psicossociais. São Paulo: EPU/EDUSP, 1978. 3 v. v. 1.
Fundamentos de pesquisa em enfermagem . 3
  • Denise F Hungler
  • P Bernadette
POLIT, Denise F.; HUNGLER, Bernadette P. Fundamentos de pesquisa em enfermagem. 3. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995. 391 p.
Aspectos emocionais da gravidez de alto risco
  • José Júlio De Azevedo
TEDESCO, José Júlio de Azevedo. Aspectos emocionais da gravidez de alto risco.
Secretaria de Políticas de Saúde. Área Técnica da Saúde da Mulher. Gestação de alto risco: manual técnico
  • Brasil
  • Ministério Da Saúde
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Área Técnica da Saúde da Mulher. Gestação de alto risco: manual técnico. Brasília, 2000. 164 p.