Article

Parâmetros ecocardiográficos em modo unidimensional de cães da raça Poodle miniatura, clinicamente sadios

Ciência Rural (Impact Factor: 0.38). 02/2006; 36(1). DOI: 10.1590/S0103-84782006000100021
Source: DOAJ

ABSTRACT

No Brasil, a população canina da raça Poodle, principalmente a variação miniatura, cresce em progressão geométrica, sendo esta raça freqüentemente acometida por cardiopatias congênitas e adquiridas. O escopo deste estudo foi padronizar e avaliar os parâmetros ecocardiográficos em modo unidimensional (M) de cães da raça Poodle miniatura, devido ao aumento populacional da mesma, a variação existente destes parâmetros entre as raças caninas e as diversas cardiopatias às quais os Poodles são predispostos. Foram utilizados 30 cães, da referida raça, sendo 09 machos e 21 fêmeas com idades entre 2 a 7 anos (3,87?1,55) e peso corpóreo variando de 2,0 a 8,7 quilos (4,49?1,38). Os cães incluídos neste estudo foram considerados sadios, após terem sido submetidos aos exames físico, laboratoriais, eletrocardiográfico, radiográfico e à mensuração da pressão arterial. Após a realização do exame ecocardiográfico e a análise dos resultados, foi possível obter os valores de referência do exame ecocardiográfico, em modo M, para os cães da raça Poodle miniatura e, ainda, sugerir que o peso corpóreo e altura podem exercer influência sobre os parâmetros ecocardiográficos.

Full-text preview

Available from: scielo.br
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: The aim of this study was to establish the normal echocardiographic parameters in M-mode for Yorkshire Terrier dogs. Thirty clinically normal dogs with mean weight of 2.42±0.64kg and ages varying from one to six years old were studied. The left atrial diameter, the aortic diameter, the left ventricular internal dimension at end - diastole and end - systole, end - diastolic and end - systolic interventricular septal thickness, and end - diastolic and end - systolic left ventricular posterior wall thickness had correlation with body weight. The other M - mode variables showed no linear correlations with body weight, sex or age. The echocardiographic values found in this study can be used as reference for this breed.
    Full-text · Article · Oct 2011 · Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia