ArticlePDF Available

Fluxo contínuo: aspectos históricos e clínicos [Continuous flow: clinicals and historicals aspects]

Authors:
  • School of Medicine University of Sao Paulo

Abstract

In view of the grawing employment of the high potencies, we see, frequently, the dinamization produced by continuous flow associated or in numeric sequence of the dinamization obtained according to the Hahnemann's method, in a mixture of methods without following any criteria. With this work we seek to clarify fundamental beginnings, so much historical as clinical, on the pharmacological flow continuous method. Through a bibliographical survey, we collected data of the time of Hahnemann until the current days, that indicates the use for the classic homeopaths of the high potencies and dinamization machines that appeared to produce them. With the knowledge that the high dinamization would wake up intrinsic properties of the medicine essence, acting more deeply in the patients, the methods appear to produce them. Begining with the Korsakoff's method, another machine that tried to reproduce this method and for another that eliminated the sucussing process just diluting the dinamization initially made, we arrived to the Lock's turbo-dinamizator nowadays, in that centripetal force of a palette substitutes the Hahnemann's sucussing process. Showing the importance of the sucussing in a preparation of the homeopathic medicine, we portrayed the fruitless attempt of comparing different forms of medicine preparation. For the difficulty of measuring homeopathic 'energy', we cannot trace comparisons among the several dinamization methods, based only on the personal medical practice, should be followed one method for time, without mixing them, in case we want to have a safety conclusion of the results. If we mix different methods, we will be practicing empiricism. When we trace potency in the continuous flow it is necessary to use larger intervals, due to inaccuracy of the exact potency search. For the above, we should begin to prescribe higher potencies to the ones initially used to start the pharmacotechnical process. RESUMO: Em vista do emprego crescente das altas potências homeopáticas, vemos, freqüentemente, o uso de dinamizações produzidas por fluxo contínuo associadas ou em seqüência numérica a dinamizações obtidas segundo o método hahnemanniano (korsakoviano), numa mistura sem critérios de métodos e escalas. Com este trabalho, visamos esclarecer princípios fundamentais, tanto históricos quanto clínicos, sobre o método farmacotécnico do fluxo contínuo. Através de um levantamento bibliográfico, agrupamos dados da época de Hahnemann até os dias atuais, que indicam o uso pelos homeopatas clássicos das altas potências e as máquinas de dinamização que surgiram para produzi-las. Com a noção de que as altas dinamizações despertariam propriedades intrínsecas das substâncias medicamentosas, atuando mais profundamente nos pacientes, surgem os métodos para produzi-las. Começando com o método do frasco único de Korsakoff, passando por máquinas que tentaram reproduzi-lo e por outras que eliminaram o processo de sucussão, apenas diluindo a dinamização inicialmente empregada, chegou-se até o turbo-dinamizador de Lock dos dias atuais, no qual o movimento centrípeto de um palheta substitui a sucussão hahnemanniana. Mostrando a importância da sucussão no preparo dos medicamentos homeopáticos, vimos também a infrutífera tentativa de se comparar métodos distintos. Pela incapacidade de mensuração da energia do medicamento homeopático, não podemos traçar comparações entre os diversos métodos de dinamização baseando-se apenas na prática clínica pessoal, devendo-se seguir um método por vez, sem misturá-los, caso queiramos ter uma segurança no acompanhamento do caso. Ao misturarmos métodos diferentes estamos praticando empirismo. Quando rastrearmos potências no método de fluxo contínuo, torna-se necessário que utilizemos intervalos maiores, devido à imprecisão do mesmo na busca de potências exatas. Para o mesmo, devemos começar a prescrever potências superiores à inicialmente utilizada para se começar o processo.
A preview of the PDF is not available
... Constituindo a minha monografia de conclusão do Curso de Especialização em Homeopatia (APH) em 1994, as premissas deste estudo embasam minha prática clínica homeopática até os dias atuais, em conformidade com a administração de doses únicas de medicamentos e potências individualizadas. Após esta publicação, fui convidado pela Comissão Científica da AMHB a escrever um artigo de revisão sobre os aspectos históricos e clínicos do método farmacotécnico do fluxo contínuo (FC), publicado na Revista de Homeopatia da AMHB em 1997 [3], material de consulta aos que optam por empregar tal escala de dinamização, em vista de que o processo de "diluir e agitar" (dinamizar) deste método apresenta metodologia e, consequentemente, propriedades completamente distintas do método clássico da centesimal hahnemanniana (CH). ...
Article
Full-text available
Founded in 1936 to divulgate studies on homeopathy and related fields, Revista de Homeopatia, edited by the São Paulo Medical Homeopathic Association, is one of the oldest homeopathic scientific publications in the world, and is currently included in several databases and digital libraries. Initially published in printed format, starting 2008 it became an open-access electronic journal “to facilitate the access to this ield of medical-scientific studies”. Based on that same ideal, I recently made a collection of articles ublished in this journal, as well as in Revista de Homeopatia, edited by the Brazilian Medical Homeopathic Association, available online. To facilitate the initial immersion in the wide-scoped content of these “Homeopathic studies, in this article I present a synthesis of the results and conclusions of articles published over 20 years, with some additional reflections on the relevance of those publications for my clinical practice, as well as for the elaboration of other varieties of scientific productions. RESUMO: Inaugurada em 1936, com o intuito de difundir estudos relacionados à homeopatia e áreas afins, a Revista de Homeopatia da Associação Paulista de Homeopatia (APH) é uma das mais antigas publicações científicas homeopáticas, estando incluída em diversos bancos de dados e bibliotecas virtuais. Inicialmente editada na forma impressa, passou a ser disponibilizada na forma online por acesso aberto a partir de 2008, facilitando o “acesso ao saber construído nesta área de estudos médicos científicos”. Compartilhando esse mesmo ideal, disponibilizei recentemente, em formato digital de livre acesso, uma coletânea de artigos publicados na forma impressa da revista, juntamente com estudos publicados na Revista de Homeopatia da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB). Objetivando facilitar o contato de todos ao vasto conteúdo destes “Estudos homeopáticos”, elaborei neste artigo uma síntese dos resultados e conclusões destes 20 anos de publicações na Revista de Homeopatia (São Paulo), acrescentando algumas reflexões sobre a importância das mesmas na minha prática clínica e na elaboração de outras produções científicas.
Article
Full-text available
Through this article, the autor aims to study the polemical theme about the employment of homeopathic doses and potencies, comparing some fundamental topics with principles of modern physics. In the first part a bibliographical research about the subject was done, transcribing accurately the opinions of classical homeopaths. Then principles of quantic physics and ondulatory movement were exposed in order to elucidate some controversial questions from clinical experience of those studied. The autor concludes that are parameters established in physics which allow to make analogies concerning the use of an unique medicament, prescribed in an unique dose and in an individualized potency for each case. RESUMO: Com esse trabalho, visamos estudar o tema polêmico do emprego das doses e potências homeopáticas, comparando alguns tópicos fundamentais com princípios da Física Moderna. Para isso, numa primeira parte, elaboramos uma pesquisa bibliográfica sobre o assunto, transcrevendo fielmente a opinião dos autores clássicos. A seguir, traçamos fundamentos da Física Quântica e do Movimento Ondulatório, que nos permitem esclarecer alguns pontos polêmicos da experiência clínica dos diversos homeopatas estudados. Concluímos existirem parâmetros estabelecidos dentro da Física, que permitem traçar um modelo justificando o uso do medicamento único, em dose única e numa potência individualizante para cada caso.
Dinamizações altíssimas. Revista de Homeopatia
14 LABORATÓRIO Schwabe. Dinamizações altíssimas. Revista de Homeopatia. São Paulo, 4(40):24-9, nov. 1939.
  • A Farmaciahomeopàtica
15 MARTINEZ, A. FarmaciaHomeopàtica. Buenos Aires-Albatroz, 1981.
Les homéopathes et leurs drôles de machines. Homeopathie
  • Roche André-Charles
18 ROCHE, André-Charles. Les homéopathes et leurs drôles de machines. Homeopathie, n. 5, p. 47-51, 1988.
Traduzido da 6 ed. alemã. São Paulo: Grupo de Estudos HomeopáticosBenoit Mure' 1984. 10 JARRICO1 J. Controvérsia sobre as altas diluições. Transcrito de L'Homeopathie Moderne
  • Exposição Da
  • Doutrina Homeopática Ou Organon Da Arte De Curar
Exposição da Doutrina Homeopática ou Organon da Arte de Curar. Traduzido da 6 ed. alemã. São Paulo: Grupo de Estudos Homeopáticos "Benoit Mure' 1984. 10 JARRICO1 J. Controvérsia sobre as altas diluições. Transcrito de L'Homeopathie Moderne, 1938. Revista de Homeopatia, São Paulo, 4(47), p. 232-238, jun. 1940.
El Organon, ei medicamento, ei farmaceutico y Ia farmacia. Preparacion de altas potencias
  • Arturo Mendez
MENDEZ, Arturo. El Organon, ei medicamento, ei farmaceutico y Ia farmacia. Preparacion de altas potencias. Acta Homeopathica Argentina. Buenos Aires, (22), p. 125-43, agoset. 1987.
Técnica de Preparacion de Altas Potencias
  • Arturo Mendez
16 MENDEZ, Arturo. Técnica de Preparacion de Altas Potencias. Apresentação no XLI Congresso da Liga Médica Homeopática Internacional, R. Janeiro, 1986.
Grupo de Estudos Homeopáticos "Benoit Mure
  • São Paulo
São Paulo: Grupo de Estudos Homeopáticos "Benoit Mure' 1984.
Hahnemann ou Korsakow-Transcrito de "Le Mouvement Homéopathique". Revista de Homeopatia
  • E Baudry R
BAUDRY R. E. Hahnemann ou Korsakow-Transcrito de "Le Mouvement Homéopathique". Revista de Homeopatia, São Paulo, n. 35, p. 7-11, mar. 1939.
Transcrito de L'Homeopatie Moderne. Revista de Homeopatia
  • A Berné
BERNÉ, A. As altas diluições sob o ponto de vista científico. Transcrito de L'Homeopatie Moderne. Revista de Homeopatia, São Paulo, n. 43, p. 57-63, fev. 1940.