Article

PROPAGAÇÃO DE PORTA-ENXERTOS DE VIDEIRA MEDIANTE ESTAQUIA SEMILENHOSA

Bragantia (Impact Factor: 0.53). 01/1997; 56(2). DOI: 10.1590/S0006-87051997000200016
Source: DOAJ

ABSTRACT

Avaliaram-se os efeitos de tipos de estaca (com ferimento; base com nó; base com entrenó), de concentrações de ácido indolbutírico (AIB) (zero, 500, 1.000 e 2.000 mg/L) e de áreas foliares (zero, 25, 50, 75 e 100 cm2) na estaquia semilenhosa de alguns porta-enxertos de videira. O tipo de estaca não afetou a porcentagem de enraizamento e a retenção foliar, mas foi encontrado maior número de raízes emitidas com a utilização do ferimento, para o `Jales', e do nó na base das estacas, para o `Campinas'. O AIB também não afetou o enraizamento, mas incrementos na sua concentração promoveram aumento na emissão de raízes (raízes/estaca) e também na mortalidade de estacas. A presença da folha revelou-se fundamental para o enraizamento das estacas, não ocorrendo formação de raízes em estacas sem folha. O aumento da área foliar não afetou a porcentagem de enraizamento, mas influenciou positivamente o número, a massa e o volume de raízes emitidas por estaca. As mudas obtidas pela estaquia semilenhosa apresentaram diâmetro do caule insuficiente para a enxertia lenhosa de inverno. Os resultados mostraram que a estaquia semilenhosa é viável para a multiplicação rápida dos porta-enxertos de videira, mas não permite que a enxertia seja realizada no mesmo ano. As estacas podem ser preparadas apenas com uma gema e uma folha, que não deve ser cortada para não reduzir o crescimento das raízes.

0 Followers
 · 
69 Reads
  • Source
    • "Quanto ao factor hormona, os resultados mostram-nos que este factor não induziu qualquer efeito significativo sobre as variáveis em estudo (Quadro II) Um estudo mais detalhado no sentido de estudar quais as castas cujas médias diferem entre si consta dos Quadros III e IV para as diferentes variáveis estudadas. Analisando o efeito da casta sobre o enraizamento e sobre o abrolhamento, os resultados apresentados no Quadro III mostram que as estacas da casta Malvasia Fina apresentaram capacidades de enraizamento e de abrolhamento significativamente inferiores às observadas nas estacas das restantes castas QUADRO I Médias das percentagens de enraizamento e de abrolhamento, do número de raízes, do comprimento total das raízes, do comprimento da maior raiz e do peso seco das raízes observadas em estacas semilenhosas de várias castas, tratadas e não tratadas com ANABorgo, 1985;Biasi et al., 1997;Roberto et al., 2004b;Bordin et al., 2005), sendo a constituição genética da casta o principal factor que explica os resultados observados (Tofanelli et al., 2002;Fischer et al., 2008). Apesar de não avaliados neste trabalho, outros factores têm sido referidos como possíveis causas para as diferenças de enraizamento encontradas entre variedades de videira, nomeadamente, uma eventual diferença do estado nutricional das estacas (Faria et al., 2007) e as estruturas anatómicas das variedades (Mayer et al., 2006). "
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: From the massal and clonal selection of grapevine developed in Portugal for the last 30 years, clones of several varieties with high genetic potential were obtained, which are currently used for multiplication to produce base and certified materials. In order to allow the rapid multiplication of selected clones of grapevine, this work evaluate the effect of the variety (Arinto, Malvasia Fina, Aragonez, and Trincadeira) on the rooting of softwood cuttings, treated with and without naphthaleneacetic acid (NAA, 0 and 50 μM). The experimental design used was randomized in a 4 × 2 factorial arrangement (4 varieties x 2 NAA concentrations). Each treatment was composed by 40 softwood cuttings. Thirty days after planting the cuttings, the following variables were evaluated: percentage of rooted cuttings, percentage of sprouted cuttings, number of roots per cutting, total root length, longer root and dry root weight. The results obtained so far allowed to verify that the above variables were not affected by auxin, although a significant effect of the variety was identified on all the parameters but root dry weight.
    Full-text · Article · Jan 2010 · Ciência e Técnica Vitivinícola
  • Source

    Preview · Article ·
  • [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: The goals of this investigation was to evaluate the rooting, budding and development of roots from different rootstock of grapevine, in field conditions. Ligneous cutting of rootstock 420 A , Golia , 5C , 8B , RR101-14 , SO4 , 99R , Kober 5BB , IAC 766 , IAC 572 , IAC 571-6 , Ripária do Traviú and Rupestris du Lot were planted in soil, without previous preparation. The experimental design was done in randomized blocks, with five repetitions and twenty cutting per plot, planted at distances of 12 x 5cm. The cutting were planted in the beginning of July and removed in the end of September, to be examined. The rooting percentage varied from 79% of Ripária do Traviú to 99% of RR 101-14 . Due to budding, the Ripária do Traviú showed 47%; IAC 571-6 , IAC 572 , 420A , Rupestris du Lot , Kober , IAC 766 , 8B , 5C showed 76 to 89% and Golia , SO4 , 99R and RR 101- 14 showed more than 90%. IAC 572 and IAC 571-6 showed the minor root number per cutting, but they showed the most developed roots, followed by 5C and Rupestris du Lot . Kober 5BB and Ripária do Traviú showed the least developed roots. The other varieties showed intermediate values. It was conclued that, among all rootstocks, Ripária do Traviú presented the lowest indexes of rooting and budding of cutting under fields conditions.
    No preview · Article ·
Show more