Article

Fechamento percutâneo do forame oval patente

Universidade Federal Fluminense/UFF, Niterói
Rev Bras Cardiol Invas 01/2005; 13:185-197.

ABSTRACT

RESUMO O forame oval patente (FOP) é uma condição muito prevalen-te na população geral, e tem sido demonstrada sua associação com diversas condições patológicas, a saber: embolias parado-xais sistêmicas – acidentes vasculares cerebrais (AVC), ata-ques isquêmicos transitórios (AIT), infarto agudo do miocárdio (IAM), embolias para circulação mesentérica, renal, de membros inferiores, etc – enxaqueca, síndromes descompres-sivas em mergulhadores e síndrome de ortodeoxia-platipnéia. No presente texto, revisamos sua morfogênese, analisamos de forma detalhada sua relação com acidentes vasculares encefálicos e enxaqueca na atualidade, além do papel do aneurisma do septo interatrial (ASA) e sua relação com o forame. Descrevemos os métodos disponíveis para diagnós-tico, e fazemos uma breve revisão histórica do fechamento percutâneo do forame oval, descrevendo desde as primeiras próteses utilizadas até as mais recentemente desenvolvidas. Apresentamos a técnica de fechamento percutâneo utilizada por nosso grupo e comparamos os resultados com as diferentes formas de tratamento. DESCRITORES: Defeitos do septo interatrial. Acidente cere-brovascular. Enxaqueca.

  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Mechanical thrombectomy offers the advantage of rapid removal of venous thrombi. It allows venous obstructions to be removed and requires shorter duration of infusion of thrombolytic agents. However, aspiration of thrombi can lead to complications, particularly pulmonary embolism and hemolysis. The validity of using vena cava filters during thrombectomy in order to avoid embolism has not yet been established. The authors report a case of massive pulmonary embolism associated with ischemic stroke in a patient with a hitherto undiagnosed patent foramen ovale. The patient developed respiratory failure and neurological deficit after thrombectomy. This case raise questions about the value of the thrombectomy for the treatment of proximal vein thrombosis due to the risks of this procedure. The authors also discuss the need for vena cava filters and ruling out a patent foramen ovale in patients undergoing thrombectomy.
    Preview · Article · Jan 2014 · Jornal Vascular Brasileiro