Project

MTants: Biodiversidade de formigas do Estado de Mato Grosso

Goal: O principal objetivo deste projeto é compreender e descrever a diversidade de formigas do Estado de Mato Grosso, que é o terceiro maior estado brasileiro e que é permeado por três biomas: Amazônia, Cerrado e Pantanal. Para tanto, utilizaremos uma abordagem histórica, taxonômica e ecológica. Em adição, o projeto consolidará o desenvolvimento de uma linha de pesquisa focada em estudos voltados para biodiversidade e conservação da região, contribuindo para a formação de recursos humanos e aumento do conhecimento acerca dos processos geradores de biodiversidade nos três biomas presentes na região através de publicações e incrementos das coleções regionais.

Updates
0 new
1
Recommendations
0 new
4
Followers
0 new
4
Reads
0 new
12

Project log

Ricardo Eduardo Vicente
added an update
Materiais de várias cidades de MT foram compilados e começarão a ser processados em breve. Ants disso, estarei compilando pontos de coleta já realizadas pela equipe, localidades de coletas na literatura e de doações de materiais que estaremos recebendo de parceiros que possuam material guardado (fruto de consultorias, Trabalhos de conclusão de curso, etc) e queiram participar do projeto. Isso para diagnosticar lacunas para tentarmos direcionar as próximas campanhas de coleta, cobrindo o máximo o território matogrossenses, seus biomas, habitats, métodos de coleta...
Interessados podem entrar em contato pelo email: MTants.database@gmail.com
 
Ricardo Eduardo Vicente
added a project goal
O principal objetivo deste projeto é compreender e descrever a diversidade de formigas do Estado de Mato Grosso, que é o terceiro maior estado brasileiro e que é permeado por três biomas: Amazônia, Cerrado e Pantanal. Para tanto, utilizaremos uma abordagem histórica, taxonômica e ecológica. Em adição, o projeto consolidará o desenvolvimento de uma linha de pesquisa focada em estudos voltados para biodiversidade e conservação da região, contribuindo para a formação de recursos humanos e aumento do conhecimento acerca dos processos geradores de biodiversidade nos três biomas presentes na região através de publicações e incrementos das coleções regionais.