Project

LIDERANÇA TRANSFORMADORA E O IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO NOS MOVIMENTOS SOCIAIS CONTEMPORÂNEOS (Transformative Leadership and the Impact of Information Technologies in Contemporary Social Movements)

Goal: Em um cenário de crescente acesso às novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), é fundamental que se entenda o potencial destas ferramentas para os movimentos sociais, e que se compreenda quais estratégias se tornam possíveis a partir de seu emprego. Este trabalho visa responder à seguinte pergunta: de que formas a liderança de um movimento social pode empregar as novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para alcançar os objetivos de seu movimento? Por meio de uma pesquisa documental realizada em reportagens jornalísticas, o artigo objetiva identificar as competências necessárias para que a liderança transformadora ciberativista possa elaborar estratégias utilizando-se das TIC.

As the access to the new Information and Communication Technologies (ICT) increases, it is fundamental to understand the potential of these tools to social movements, and to comprehend which strategies are enabled by them. This work aims to answer the question: in which ways can the leadership of a social movement employ the new Information and Communication Technologies (ICT’s) to accomplish the movements’ goals? By means of a documentary research based on journalistic articles, this paper aims to identify the competences which a cyberactivist transformational leader needs to elaborate strategies using ICT.

Date: 29 March 2019

Updates
0 new
3
Recommendations
0 new
3
Followers
0 new
9
Reads
0 new
45

Project log

Ricardo Rohm
added an update
The present work has discussed the literature regarding transformational leadership, a term which was coined by Burns in 1979 and has been developed by other authors in the past 40 years, such as Bass (1999) and Rohm and Cabral (2013). In doing so, the main characteristics of transformational leadership and the most significant differences in relation to transactional leadership were highlighted. The characteristics of social movement leadership were subsequently debated (MORRIS; STAGGENBORG, 2004; NEPSTAD; BOB, 2006) considering the similarities and interactions between the two. Finally, the work of Bennett and Segerberg (2011) and Barberá et al. (2015) among others were adopted in order to point out the potential uses and risks of adopting digital technologies in the context of social movements. Subsequently, such discussions will enable the present authors to suggest how a transformative leader may employ digital technologies in social movements.
A presente pesquisa discutiu a literatura acerca da liderança transformacional, termo cunhado por Burns em 1979 e desenvolvido por diversos outros pesquisadores ao longo dos últimos 40 anos, tais como Bass (1999) e Rohm e Cabral (2013). Ao fazê-lo, foram destacadas as principais características da liderança transformacional e suas diferenças mais marcantes em relação à liderança transacional. Em seguida, as características das lideranças de movimentos sociais foram debatidas (MORRIS; STAGGENBORG, 2004; NEPSTAD; BOB, 2006), tendo em vista suas similaridades com a liderança transformacional e as interações entre ambas. Por fim, os trabalhos de autores como Bennett e Segerberg (2011) e Barberá et al. (2015) foram adotados para abordar os potenciais usos e riscos da adoção das tecnologias digitais no contexto dos movimentos sociais. Posteriormente, tais discussões permitirão que os presentes autores apontem de que maneira uma liderança transformadora pode empregar as tecnologias digitais em movimentos sociais.
 
Sofia Xavier
added an update
In a context in which the access to new Information and Communication Technologies (ICT’s) reaches an increasing audience, it is fundamental to understand the potential of these tools to activism, and which strategies become possible with their support (Tufekci, 2017). In trying to find a new meaning to the horizontality of contemporary social movements as proposed by Castells (2017), it is important to comprehend not only the role of activist organizations, but also the need for transformative leaderships (Rohm; Cabral, 2003). This research aims to identify the necessary competences for the cyberactivist transformative leadership to elaborate strategies using ICT’s, dodging previously known risks.
 
Ricardo Rohm
added an update
Em um cenário no qual o acesso às novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) alcança um público cada vez maior, é fundamental que se entenda o potencial destas ferramentas para a prática do ativismo, e que se compreenda quais estratégias se tornam possíveis a partir de seu emprego (TUFEKCI, 2017). Na tentativa de ressignificar a horizontalidade dos movimentos sociais contemporâneos propostos por Castells (2017), é preciso entender não só o papel das organizações ativistas, mas também a necessidade de lideranças transformadoras (ROHM; CABRAL, 2003). Assim, esta pesquisa visa responder à seguinte pergunta: de que formas a liderança de um movimento social pode empregar as novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para alcançar os objetivos de seu movimento? Para tanto, é preciso: 1. explicitar os conceitos de liderança transformadora e movimentos datativistas; 2. analisar o papel da liderança transformadora dentro de um movimento datativista, considerando sua importância, os riscos a que pessoas ou seus grupos estão expostos e considerando as novas estruturas hierárquicas dos movimentos sociais; 3. elencar os benefícios e os perigos da facilidade de uso das novas tecnologias; e, 4. explicitar as estratégias da liderança transformadora frente aos novos movimentos sociais, sinalizando seu impacto no engajamento dos indivíduos. Por descrever um fenômeno baseado em relações sociais e compreendido a partir de análises não-métricas, a pesquisa terá natureza qualitativa. Será explicativa, visando retratar a ação da liderança transformadora ativista dentro dos movimentos sociais contemporâneos que empregam as TIC, e aplicada, pois busca, por meio da produção do conhecimento, auxiliar os indivíduos a intervirem na realidade. Em relação à coleta dos dados, será realizado um levantamento bibliográfico para revisão de literatura científica acerca do tema, além de uma pesquisa documental para levantar exemplos de ação do uso das TIC por estas lideranças. Isto posto, espera-se, com a pesquisa, identificar as competências necessárias para que a liderança transformadora datativista possa elaborar estratégias utilizando-se das TIC.
PALAVRAS-CHAVE: Tecnologias da Informação, Movimento Social, Ativismo e Liderança Transformadora.
 
Ricardo Rohm
added a project goal
Em um cenário de crescente acesso às novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), é fundamental que se entenda o potencial destas ferramentas para os movimentos sociais, e que se compreenda quais estratégias se tornam possíveis a partir de seu emprego. Este trabalho visa responder à seguinte pergunta: de que formas a liderança de um movimento social pode empregar as novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para alcançar os objetivos de seu movimento? Por meio de uma pesquisa documental realizada em reportagens jornalísticas, o artigo objetiva identificar as competências necessárias para que a liderança transformadora ciberativista possa elaborar estratégias utilizando-se das TIC.
As the access to the new Information and Communication Technologies (ICT) increases, it is fundamental to understand the potential of these tools to social movements, and to comprehend which strategies are enabled by them. This work aims to answer the question: in which ways can the leadership of a social movement employ the new Information and Communication Technologies (ICT’s) to accomplish the movements’ goals? By means of a documentary research based on journalistic articles, this paper aims to identify the competences which a cyberactivist transformational leader needs to elaborate strategies using ICT.