Sofia Xavier

Sofia Xavier
Federal University of Rio de Janeiro | UFRJ ·  Departamento de Administração

Student

About

1
Publication
36
Reads
How we measure 'reads'
A 'read' is counted each time someone views a publication summary (such as the title, abstract, and list of authors), clicks on a figure, or views or downloads the full-text. Learn more
0
Citations
Citations since 2016
1 Research Item
0 Citations
20162017201820192020202120220.00.20.40.60.81.0
20162017201820192020202120220.00.20.40.60.81.0
20162017201820192020202120220.00.20.40.60.81.0
20162017201820192020202120220.00.20.40.60.81.0
Introduction
Member of PEP-ROHM: Program of studies and research in diversity management, transformational leadership and social governance.

Publications

Publication (1)
Conference Paper
Full-text available
The role of Digital activism within social movements to foster democratization in the Global South: the case of Ni Una Menos

Projects

Projects (3)
Project
In the present research the authors consider the increase in individual freedoms as described by Sen (2010) as an indicator to analyze the increase in democratization. The main goal of this research is to evaluate the feasibility of a new analytical model concerning the planning and usage of digital strategies and resources in order to empower the efficacy and impacts of social movements initiatives. The case of NI UNA MENOS (NUM) in Argentina was chosen for being recent, active, consistent and for taking place on the Global South. The case was based in the colection of documental materials gathered from NUM’s Instagram account considering the period between July 2018 and July 2021. The authors expect to highlight ways in which NUM deploys digital technologies in order to point out the movement's digital tactics and how they can contribute to the increase in democratization. A partir da difusão das tecnologias digitais para a comunicação, teve início um processo de geração e acumulação de dados pelo Norte Global, composto pelas empresas proprietárias dessas plataformas. Surge então o big data, que tem servido para fins de controle e exploração das populações do Sul Global. Os movimentos sociais atuam neste contexto como agentes externos à estrutura que perpetua essa dominação, e assim podem abrir caminho para a construção de relações mais democráticas (SANTOS, 2016). Na presente pesquisa, considera-se o aumento das liberdades individuais tais como desenvolvidas por Sen (2010) como indicador para se analisar o aumento da democratização. Portanto, o principal objetivo deste trabalho é destacar as contribuições e impactos dos movimentos sociais sobre o processo de democratização por meio da esfera digital. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica a fim de construir o modelo analítico posteriormente utilizado para o estudo do caso Ni Una Menos. O movimento Ni Una Menos foi escolhido por ser um movimento recente, ativo, consistente e representativo do Sul Global, além de já ter apresentado impactos concretos para a sociedade na Argentina. A montagem do caso se baseou na coleta de materiais documentais levantados nas redes sociais e site do movimento, além do uso de reportagens jornalísticas para compor o contexto em que o movimento atua. Com este trabalho, espera-se notar de que formas as tecnologias digitais são empregadas pelo Ni Una Menos, de modo a destacar as suas táticas digitais e como elas contribuem para o aumento da democratização.
Project
Em um cenário de crescente acesso às novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), é fundamental que se entenda o potencial destas ferramentas para os movimentos sociais, e que se compreenda quais estratégias se tornam possíveis a partir de seu emprego. Este trabalho visa responder à seguinte pergunta: de que formas a liderança de um movimento social pode empregar as novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para alcançar os objetivos de seu movimento? Por meio de uma pesquisa documental realizada em reportagens jornalísticas, o artigo objetiva identificar as competências necessárias para que a liderança transformadora ciberativista possa elaborar estratégias utilizando-se das TIC. As the access to the new Information and Communication Technologies (ICT) increases, it is fundamental to understand the potential of these tools to social movements, and to comprehend which strategies are enabled by them. This work aims to answer the question: in which ways can the leadership of a social movement employ the new Information and Communication Technologies (ICT’s) to accomplish the movements’ goals? By means of a documentary research based on journalistic articles, this paper aims to identify the competences which a cyberactivist transformational leader needs to elaborate strategies using ICT.
Archived project
The research aims to identify and analyse the different strategies and designs of cyberhaktivism within a networked society in order to understand heuristically its role in influencing social governance.