• Home
  • Marcelo Callegari Scipioni
Marcelo Callegari Scipioni

Marcelo Callegari Scipioni
Federal University of Santa Catarina, Curitibanos · Agricultura; Biodiversidade e Florestas

Professor Associado

About

38
Publications
6,407
Reads
How we measure 'reads'
A 'read' is counted each time someone views a publication summary (such as the title, abstract, and list of authors), clicks on a figure, or views or downloads the full-text. Learn more
154
Citations
Citations since 2016
27 Research Items
108 Citations
201620172018201920202021202205101520
201620172018201920202021202205101520
201620172018201920202021202205101520
201620172018201920202021202205101520
Introduction
My research is in the area of ​​ecology of tropical forests and dendrology, addressing my studies on old growth forests, large old trees, urban trees, dendrochronology and epiphyte community.
Additional affiliations
August 2009 - August 2012
Brazilian Forest Service
Position
  • TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR; ÁREA : ENGENHARIA FLORESTAL
Description
  • TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR, NÍVEL V; ÁREA 6: ENGENHARIA FLORESTAL, SUBÁREA: MANEJO FLORESTAL. Lotado no Centro Nacional de Apoio ao Manejo Florestal, Gerência de Capacitação e Fomento Florestal.
Education
February 2009 - March 2012
Universidade Federal do Paraná
Field of study
  • Forest ecology
January 2008 - December 2009
Universidade Federal de Santa Maria
Field of study
  • Forest ecology

Publications

Publications (38)
Article
Full-text available
The connected fragments of lowland and alluvial deciduous forests present topography with the large pedological and geomorphological variations. Thus, to understand the conditions in these environments, it was studied in details the conditions of soils and landforms present in small tributaries of a watershed in sedimentary geology, in the town of...
Article
Full-text available
The square is one of the typologies of green areas more accessible to the urban population, and can perform several functions. It is important to understand the importance of proper planning in the creation, maintenance and management of these areas. The aim of this study was to qualy-quantitatively evaluate the afforestation of the Centenário Publ...
Article
Full-text available
The Araucaria Forest is one of the most threatened ecosystems in Brazil due to selective logging and deforestation, mainly during the 20th century. The great majority of remnants are secondary forests with less than 50 ha, i.e., old-growth fragments are extremely rare. By presenting the characterization of rare old-growth fragments in comparison wi...
Article
Full-text available
Giant Araucaria trees in Brazilian Atlantic forests today are rare but remain critically important for structuring these ecosystems, providing unique and rare habitat elements that can serve as points of reference for their management. Old-growth Araucaria trees, with their complex crowns and big trunk cavities, supply more important ecological ser...
Conference Paper
Full-text available
Estudios recientes destacan al Pinheirão como el árbol más grande de la especie Araucaria angustifolia. Este es el único ejemplar vivo con más de 3 m de diámetro encontrado hasta ahora en Brasil. Conocer la edad de estos árboles monumentales es importante para varios estudios ambientales, principalmente debido a la amenaza de extinción de la especi...
Conference Paper
Full-text available
O desmatamento reduziu significativamente o histórico de vida de certas espécies arbóreas de grande porte e de alto valor econômico e são poucos os registros das dimensões e longevidade de indivíduos de espécies ameaçadas de extinção. O cenário demonstra ampla perda de exemplares de árvores monumentais que se destacam por seu porte, raridade, belez...
Article
Full-text available
O objetivo do presente estudo foi realizar a avaliação morfológica das fibras da madeira de imbuia (Ocotea porosa) ao longo das camadas de crescimento de uma árvore multissecular. A amostra utilizada foi resgatada em 2018 de um corte ilegal e doada à UFSC pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina. Foi retirado um disco a 2,3 m de altura, sen...
Article
Araucaria angustifolia is an endangered species that occurs in the high and cold regions of southern Brazil. This species has economic importance due to its wood and seeds, as well as playing a fundamental ecological role for the southern fauna and flora. Climate change can affect its distributional area and conservation, making it urgent to invest...
Article
Full-text available
Butia eriospatha (Mart. ex Drude) Becc. is a subtropical endemic palm tree that occurs in the Southern Brazilian Highlands. A vast area of its natural habitat has been lost by land-use changes, placing the species at high risk of extinction. Here, we investigated how environmental variables impact the structure of B. eriospatha populations. We rand...
Article
Full-text available
The largest-size trees were the first ones to be extracted from forests. There are few records of the size of individual large trees for many species threatened with extinction. The objective of this technical note was to measure the monumental-size trunks of Araucaria angustifolia and Ocotea porosa and compare them with the current size of their p...
Article
A praça, uma das tipologias de áreas verdes mais acessíveis à população urbana, pode desempenhar diversas funções. É preciso entender a importância do planejamento adequado na criação, na manutenção e no manejo dessas áreas. Este trabalho teve como objetivo avaliar quali-quantitativamente a arborização da Praça Pública Centenário, do município de C...
Article
Full-text available
Hydrological processes in riparian forests affect their geomorphology and drainage, and define their structure. Interactions among many environmental variables and the tree community in continuous riverine forests affect their formation and add to their complexity, making our understanding of these habitats particularly challenging. We evaluated th...
Data
SCIPIONI, M C; DOBNER JR., M. ; LONGHI, S.J. ; VIBRANS, A. C. ; SCHNEIDER, P. R. . The last giant Araucaria trees in southern Brazil. SCIENTIA AGRICOLA, v. 76, p. 220-226, 2019.
Article
Full-text available
Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze is a native tree species of major importance in southern Brazil. It is a regional symbol due to its iconic shape and stature in the landscape; its wood was once economically important and its seeds are an important source of food for the fauna and are presently used in regional cuisine. Despite its importance...
Article
Full-text available
Loss of large trees due to indiscriminate timber cutting and opening of new areas for human use is a global problem. Brazil is well known for tree species richness within its extensive forested areas composed of various biomes. Giant trees are “key” to recognize the original forest structure. Decline of their populations in Brazil may be estimated...
Article
Full-text available
The Araucaria forests of southern Brazil have been drastically reduced as a result of anthropic intervention and are currently found at different stages of succession. The objective of our study was to understand the influence of forest fragmentation on the phytosociological composition of its tree component. The composition of floristic groups of...
Conference Paper
Full-text available
As maiores araucárias foram as primeiras a serem extraídas das florestas. A falta de registro da estrutura dos indivíduos criou um desconhecimento sobre o tamanho máximo da espécie e acúmulo de biomassa. O levantamento das araucárias monumentais é relevância pelo seu potencial ecológico e sua raridade. Além do potencial dessas árvores quanto à educ...
Book
Full-text available
Ambientes ripários É necessário aprofundar o conhecimento sobre as relações ecológicas da cobertura florestal remanescente que margeia os pequenos córregos. As complexidades ambientais em que se encontram essas florestas são os principais elementos que motivaram a execução de um estudo envolvendo solos, aspectos geomorfológicos e fitossociológicos....
Article
Full-text available
A região da Depressão Central do Rio Grande do Sul estende-se por planícies e relevos suaves ondulados, com predomínio de florestas de galeria. Este estudo teve o objetivo de investigar a estrutura e a diversidade dos remanescentes de Floresta Estacional Decidual em diferentes posições na paisagem de pequenos tributários ao longo de uma microbacia...
Data
Full-text available
Gradiente ambiental - Estado do Paraná e Santa Catarina. Solos e Vegetação.
Article
Full-text available
Resumo As Florestas Estacional Decidual Aluvial e Submontana encontram-se ao longo de um gradiente topográfico com variações geomorfológicas e pedológicas. Para entender as variações das guildas ecológicas e do contingente geográfico das comunidades florestais em uma microbacia do rio Jacuí, no Rio Grande do Sul, foram alocadas 200 parcelas de 100...
Article
Full-text available
http://dx.doi.org/10.5902/198050986614Este trabalho foi realizado em um fragmento da Floresta Estacional em estágio de sucessão secundária, na área do Morro do Cerrito, no Município de Santa Maria, RS, Brasil. O objetivo deste trabalho foi determinar os grupos florísticos presentes na área de estudo, quantificando a sociologia das principais espéci...
Article
Full-text available
Resumo As espécies hemiepífitas do gênero Heteropsis produzem raízes aéreas que são conhecidas na Amazônia brasileira como cipó-titica e titicão ou cipó timbó-açu, sendo fonte produtora de fibra de alto valor comercial principalmente na fabricação de artesanatos e móveis. Essa matéria-prima é intensamente explorada de forma insustentável, tendo gr...
Article
Full-text available
This research took place in a semi-deciduous forest fragment in secondary succession stages on Morro do Cerrito in the municipality of Santa Maria, in the state of Rio Grande do Sul. The aim was to determine the floristic groups in the study area by quantifying the sociology of main species and their relationship with geomorphologic and pedological...
Article
Full-text available
RESUMO O presente estudo foi realizado em Frederico Westphalen, no Estado do Rio Grande do Sul, com a instalação de 10 parcelas de 20x50 m. Em cada parcela foram levantadas todas as plantas com diâmetro a altura do peito (DAP) ≥ 5 cm, totalizando 1.461 indivíduos amostrados no hectare. A florística da área inclui 79 espécies distribuídas em 31 famí...
Chapter
Full-text available
O presente trabalho foi realizado em fragmento de Floresta Estacional Decidual (29°32’27” S e 53°48’35” W), na Reserva Biológica do Ibicuí-Mirim, localizada no município de São Martinho da Serra, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. O objetivo desse estudo foi avaliar as correlações existentes entre a composição florística e estrutural da floresta...
Article
Full-text available
This research was performed in a deciduous forest fragment (29°32'27" S and 53°48'35" W) on the Ibicuí-Mirim biological reserve in the municipality of São Martinho da Serra, in the state of Rio Grande do Sul, Brazil. The aim was to evaluate the correlations between the floristic compositions of tree species growing in different topographical and pe...
Article
Full-text available
A regeneração natural formada abaixo do estrato inferior da Floresta Estacional na Reserva Biológica do Ibicuí-Mirim (29°32’27” S e 53°48’35” W), no município de São Martinho da Serra (RS), foi inventariada em diferentes condições de declividade em um gradiente topográfico, com o propósito de avaliar a dinâmica e as correlações ambientais existente...
Article
Full-text available
O presente trabalho foi realizado em um remanescente de Floresta Estacional Semidecidual antropizado, localizada nas coordenadas 29° 49'S e 52° 25'W, nas proximidades do pólo petroquímico no município de Montenegro (RS), Brasil, com o objetivo de conhecer seus aspectos florísticos e fitossociológicos. A amostragem foi sistemática constituída de 21...

Network

Cited By

Projects

Projects (4)
Project
A imbuia é a espécie arbórea mais longeva no bioma Mata Atlântica ultrapassando 500 anos de idade. A árvore é símbolo do estado de Santa Catarina. Esta possui grande potencial para estudos de reconstrução climática com ênfase às mudanças climáticas. A finalidade do projeto é reconstruir o clima do passado por meio dos anéis de crescimento e entender o ciclo de vida da espécie. O projeto visa também catalogar os parâmetros dendrométricos das maiores imbuias gigantes remanescentes e fornecer a sua idade.
Project
Araucaria angustifolia é a espécie arbórea nativa de maior importância no Sul do Brasil. É um símbolo regional pelo seu formato icônico na paisagem, sua madeira foi responsável por um importante ciclo econômico e suas sementes são utilizadas na culinária regional. Apesar de sua importância e aparente abundância, a espécie encontra-se ameaçada de extinção causada principalmente pela exploração desordenada em conjunto com o desmatamento. As maiores árvores foram as primeiras a serem extraídas das florestas com um grande desequilíbrio populacional. A relevância do estudo em árvores gigantes deve-se a falta de conhecimento da sua idade e uso dessas como base para estudos de dendroecologia e dendroclimatologia. Estudos recentes descrevem a existência de apenas 14 árvores vivas com diâmetros superiores a 2 m e com grandes cavidades. Dessas, nove estão localizadas no Estado de Santa Catarina, onde encontra-se também o maior indivíduo, o único ultrapassando os 3 m de diâmetro, e ainda sua idade é desconhecida. A análise de estimativa da idade das árvores gigantes é o objetivo principal desse trabalho. Será utilizando a simetria de crescimento radial de amostras completas e incompletas. As amostras de grande dimensão, discos previamente amostrados e novas amostras de árvores em florestas de crescimento antigo (DAP: > 1,5 m), associado com incrementos das árvores gigantes, normalmente com cavidades, farão parte das amostras para reconstrução dos anéis perdidos utilizando uma nova metodologia proposta para estimação de idade de grandes árvores. A metodologia utiliza de vários meios de estimativas: 1) crescimento radial médio dos 5, 10, 20 e 50 anéis mais interiores, bem como o crescimento radial médio total; (2) incrementos médios da área basal dos anéis 5, 10, 20 e 50 mais interiores e amostra parcialmente completa; e (3) relação idade-tamanho ao longo da vida da árvore. Após essas analises será possível testar a precisão desses métodos e selecionar a abordagem mais precisa, que permitirá a estimativa da idade de indivíduos de grande porte. Outros métodos como densitometria de raio X, datação por carbono e análise anatômica da madeira auxiliarão a reconstrução da trajetória de vida dessas árvores e a delimitação de suas camadas de crescimento. Nesse entendimento, possibilitará a compreensão do desenvolvimento das araucárias para fins de conservação e manejos mais adequados a espécie. Esse resultado também poderá viabilizar o teste de datação por Carbono-14. Essas metodologias associadas possibilitam comparação entre métodos, podendo abrir um novo horizonte na dendrocronologia de outras espécies tropicais longevas. Ao mesmo tempo, futuros estudos de reconstrução climática pretérita e o comportamento de crescimento da espécie estão de encontro com o conhecimento ecológico da espécie.