Figura 2 - uploaded by Fernando Vesely
Content may be subject to copyright.
Contexto geológico e localização dos afloramentos. A) Localização da área na Bacia do Paraná. B) Mapa de localização da área estudada com referência aos afloramentos descritos. C) Coluna representativa do empilhamento estratigráfico da porção média-superior do Grupo Itararé na área (adaptada de Puigdomenech et al., 2014, Aquino et al., 2016, Schemiko et al., 2019 e Valdez et al., 2019; nomenclatura litoestratigráfica de acordo com França & Potter, 1988; siglas para membros: LT, Lontras; RG, Rio Segredo;

Contexto geológico e localização dos afloramentos. A) Localização da área na Bacia do Paraná. B) Mapa de localização da área estudada com referência aos afloramentos descritos. C) Coluna representativa do empilhamento estratigráfico da porção média-superior do Grupo Itararé na área (adaptada de Puigdomenech et al., 2014, Aquino et al., 2016, Schemiko et al., 2019 e Valdez et al., 2019; nomenclatura litoestratigráfica de acordo com França & Potter, 1988; siglas para membros: LT, Lontras; RG, Rio Segredo;

Source publication
Article
Full-text available
No sul do Paraná e boa parte do estado de Santa Catarina aflora uma sucessão de arenitos e ritmitos de idade eopermiana, cuja gênese está relacionada à ação de correntes de turbidez. Esses depósitos foram identificados por Salamuni e colaboradores em 1966, sendo assim os primeiros turbiditos descritos no Brasil. No entanto, esse trabalho pioneiro t...

Contexts in source publication

Context 1
... área abordada neste estudo situa-se na faixa de afloramentos do Grupo Itararé (Permocarbonífero) entre as regiões de Campo do Tenente (sudeste do Paraná) e Presidente Getúlio (leste de Santa Catarina; Fig. 2A), onde estão indicadas 9 localidades com boas exposições de turbiditos ( Fig. 2B; Tab. 1). Apenas a porção norte dessa faixa abrange a área estudada por Salamuni et al. (1966). Afloram rochas da porção média-superior do Grupo Itararé ( Schneider et al., 1974), denominadas, da base para o topo, formações Campo Mourão e Taciba (França & ...
Context 2
... área abordada neste estudo situa-se na faixa de afloramentos do Grupo Itararé (Permocarbonífero) entre as regiões de Campo do Tenente (sudeste do Paraná) e Presidente Getúlio (leste de Santa Catarina; Fig. 2A), onde estão indicadas 9 localidades com boas exposições de turbiditos ( Fig. 2B; Tab. 1). Apenas a porção norte dessa faixa abrange a área estudada por Salamuni et al. (1966). Afloram rochas da porção média-superior do Grupo Itararé ( Schneider et al., 1974), denominadas, da base para o topo, formações Campo Mourão e Taciba (França & Potter, 1988;Vesely et al., 2021; neste volume). O empilhamento estratigráfico da ...
Context 3
... fácies são abaixo descritas em dois grandes grupos: os turbiditos propriamente ditos e as fácies associadas (Fig. 2C). Os turbiditos são ainda divididos em turbiditos delgados e turbiditos espessos, uma vez que os últimos não existem na área originalmente descrita por Salamuni et al. (1966), mas são volumetricamente importantes mais para sul. As fácies associadas compreendem hemipelagitos (Membro Lontras), depósitos de transporte em massa ou ...
Context 4
... e turbiditos espessos, uma vez que os últimos não existem na área originalmente descrita por Salamuni et al. (1966), mas são volumetricamente importantes mais para sul. As fácies associadas compreendem hemipelagitos (Membro Lontras), depósitos de transporte em massa ou mass-transport deposits (MTDs) e depó-sitos costeiros e marinhos rasos (Fig. 2C). França & Potter, 1988; siglas para membros: LT, Lontras; RG, Rio Segredo; CH, Chapéu do Sol; RS, Rio do Sul; Ma, idade aproximada em milhões de ...
Context 5
... arenosos formam conjuntos de camadas com espessura de até 20 m e se destacam na topografia formando relevos escarpados e quedas d'água (Fig. 6B) Turbiditos espessos não ocorrem na porção norte da área estudada e por esse motivo não foram noticiados por Salamuni et al. (1966). Contudo, o mapeamento do horizonte turbidítico acima do Membro Lontras (Fig. 2B) mostra que essas fácies passam a ser comuns para sul, sobretudo entre as localidades de Rio Benedito (norte de Doutor Pedrinho) e Salto Grahl (Presidente Getúlio). Nessa área os turbiditos espessos aparecem sobre turbiditos delgados em contato abrupto (Fig. 3). Já na localidade de Alto Forcação (oeste de Doutor Pedrinho), turbiditos ...
Context 6
... gerado no folhelho devoniano, tendo como possível selo as fácies argilosas de talude que o superpõem, configurando assim trapas estratigráficas. Segundo França e Potter (1988), a porosidade média do Membro Rio Segredo em subsuperfície é de 8%. No poço 2-RP-1-PR (Rio Piquiri), perfurado pelo Consórcio Paulipetro no sudoeste paranaense em 1982 ( Fig. 2A), testemunho recuperado no Membro Rio Segredo apresentou porosidade de até 13% e permeabilidade máxima de 4,6 mD em 3080 m de profundidade (Paulipetro, 1982). Indícios de gás também foram detectados ao longo de todo o pacote ...
Context 7
... sido identificada ( Mouro et al., 2017). Há que se considerar, contudo, que o soterramento pode não ter sido suficiente para colocar o folhelho na janela de geração, assim como ocorre com a Formação Irati. Porém, dados geoquímicos obtidos pela Petrobras em testemunho do poço 2-TG-1-SC (Tangará), situado 200 km a oeste da faixa de afloramentos ( Fig. 2A), indicam índice de reflectância da vitrinita (Ro) entre 0,9 e 1,06 %, o que corresponde ao topo da janela de geração de gás. Embora a profundidade atual (cerca de 2000 m) seja relativamente rasa, soleiras de basalto mesozoico são bastante comuns no interior desse folhelho, fazendo com que geração atípica a partir do calor das ...

Similar publications

Article
Full-text available
RESUMO Desde as últimas crises globais envolvendo o sistema financeiro internacional, muitas práticas sobre o gerenciamento dos riscos neste meio vem sendo incorporadas, com o aprimoramento do gerenciamento de todos os riscos relevantes identificados. Neste contexto, apresenta-se o risco de modelo, risco relevante reconhecido pelas principais insti...
Article
Full-text available
Apesar do ruído estar presente na maioria das atividades cotidianas, sua exposição traz malefícios de diversas esferas ao ser humano. Em um ambiente escolar, sua atuação representa um opositor invisível às condutas de ensino/aprendizagem, já que compete com a atenção que o aluno deveria dedicar apenas à explanação do professor. Deste modo, o discen...
Conference Paper
Full-text available
Resumo: A inserção de resíduos no concreto traz influências nas propriedades do mesmo, desde coesão e trabalhabilidade (durante fase fresca) até resistências (endurecido). Algumas delas podem ser melhoradas com a adição, como no caso de resíduos de borracha que tornam a fissuração mais lenta com o tempo, devido a melhor absorção dos impactos. Podem...
Chapter
Full-text available
Os profissionais da saúde que cuidam do paciente com SD não podem minimizar a importância da saúde bu- cal nesses pacientes. Uma boa saúde bucal melhora a qualidade de vida geral do paciente, além de aumentar a sua expectativa de vida. Saber atender esse paciente respeitando suas limitações, estados de humor e condição sistêmica é peça-chave para o...
Chapter
Full-text available
O município de Parelhas, inserido na região Seridó, por exemplo, tem boa parte de sua economia voltada para a atividade ceramista. O maior número de cerâmicas da região está concentrado no município. Em 2013, de acordo com o Diagnóstico da Indústria de Cerâmica Vermelha do RN, existiam 33 cerâmicas em atividade. A cerâmica surgiu no município como...