Are you Silveira Roberto Leal?

Claim your profile

Publications (14)14.08 Total impact

  • [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Analisam-se 51 pacientes portadores de 55 aneurismas paraclinóideos (APC) submetidos a tratamento cirúrgico. Em decorrência de tratar-se de procedimento de alta complexidade, descrevemos em pormenor os seus aspectos técnicos. O processo clinóideo anterior foi removido por via extradural após secção da duplicação dural da tenda da fissura orbitária superior e/ou por via intradural. Conseguiu-se exclusão do APC nos 51 pacientes. Em dois casos a clipagem foi parcial e, em três, ocorreu oclusão da ACI. Em 42 (82%) pacientes ocorreu bom resultado; em 5 (10%), incapacidade moderada; em 1 (2%), incapacidade grave e três (6%) faleceram por infarto cerebral. Sete (13,7%) pacientes tiveram lesão adicional do nervo óptico, sendo parcial em 4 (7,7%) e total em 3 (6%).
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2004; DOI:10.1590/S0004-282X2004000200024 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Sebastião Gusmão · Silveira Roberto Leal
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Descreve-se uma modificação do aspirador convencional para microcirurgia, que consiste de um tubo o qual, em sua porção proximal é embutido em outro tubo, sendo o primeiro conectado ao aspirador e o segundo à irrigação. Este aspirador-irrigador permite realizar a aspiração e irrigação simultaneamente e de forma precisa.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2003; DOI:10.1590/S0004-282X2003000200029 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Sebastião Gusmão · Silveira Roberto Leal · Aluízio Arantes
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: O conhecimento da topografia cranioencefálica permite delimitar os acessos cranianos. Sistematiza-se os pontos referenciais, definidos em relação aos pontos craniométricos, usados nos diferentes acessos cranianos. Dos 22 pontos referenciais descritos, os doze primeiros estão em relação com a base do crânio e os demais com a convexidade.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2003; DOI:10.1590/S0004-282X2003000200030 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Sebastião Gusmão · Silveira Roberto Leal · Cassius Reis
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Realizou-se o estudo topográfico da face posterior da pirâmide petrosa em 20 segmentos cefálicos de cadáveres humanos. Foram medidas as distâncias entre as estruturas neurovasculares nos pontos em que elas estão em contato com a face posterior da pirâmide petrosa e realizado o estudo da relação de referências ósseas com os seios transverso e petroso superior. O resultado deste estudo foi correlacionado com as abordagens ao ângulo pontocerebelar.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2003; 61(2B). DOI:10.1590/S0004-282X2003000300021 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Silveira Roberto Leal · Sebastião Gusmão
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Estudamos, em laboratório de microcirurgia, as extensões do acesso suboccipital lateral (ASOL) em sete peças anatômicas, com o objetivo de definir as extensões deste acesso necessárias à abordagem das lesões da região anterolateral do forame magno e do forame jugular. As extensões (ressecção óssea) foram realizadas em cinco estágios progressivos: 1) craniectomia suboccipital retrossigmóidea (ASOL retrocondilar); 2) ampliação da craniectomia com remoção da metade posterior do côndilo occipital (ASOL transcondilar parcial); 3)extensão lateral da blocagem do côndilo occipital até abrir o canal do hipoglosso, seguida de ressecção do processo jugular e abertura do forame jugular (ASOL transcondilar parcial-transjugular); 4) brocagem completa do côndilo occipital (ASOL transcondilar completo); 5) ASOL completo acrescido de retirada da massa lateral do atlas até identificação do processo odontóide. Concluimos que as extensões do ASOL devem ser adaptadas à topografia da lesão: o ASOL retrocondilar para as lesões laterais ao forame magno, o ASOL transcondilar parcial para as anterolaterais, o ASOL transcondilar-transjugular para as lesões da região do forame jugular, o ASOL transcondilar completo para as anteriores ao forame magno, e o transcondilar completo/trans-massa lateral do atlas para as lesões extradurais da região anterior ao forame magno.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2002; DOI:10.1590/S0004-282X2002000200013 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Apresenta-se um caso de adenocarcinoma do saco endolinfático e revê-se a literatura. O quadro clínico manifestou-se por tonteira e perda progressiva da audição consequentes a tumor do saco endolinfático. A remoção cirúrgica foi completa e realizada por abordagem retro e translabiríntica. Os tumores do saco endolinfático são raros, localmente invasivos e comprometem a mastóide e parte petrosa do osso temporal e o ângulo pontocerebelar. A remoção cirúrgica completa apresenta bom prognóstico.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2002; DOI:10.1590/S0004-282X2002000500030 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Com o objetivo de definir o limite anterolateral do lobo occipital foram estudados sete segmentos cefálicos de cadáveres humanos, 103 exames de tomografia computadorizada e 104 exames de ressonância magnética do encéfalo considerados normais. Foram encontradas uma prega da dura-máter sobre o seio transverso (plica tentorial pré-occipital) e uma protuberância óssea relacionadas diretamente com a incisura pré-occipital. Foi calculada, também, a distância média entre o sulco parieto-occipital e a sutura lambdóide. Nos exames de imagem, especialmente na ressonância magnética, foi possível identificar a incisura pré-occipital e/ou a protuberância na parede craniana relacionada a ela, bem como o sulco parieto-occipital e a sutura lambdóide, referências que permitem a definição do limite anterolateral do lobo occipital.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2002; DOI:10.1590/S0004-282X2002000100009 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Descreve-se um caso de crise focal somatosensorial ipsilateral a tumor cerebral e revê-se a literatura. Trata-se de ocorrência excepcional, tendo sido descritos apenas seis casos. Vários mecanismos fisiopatológicos foram propostos para explicar a crise focal somatosensorial ipsilateral. A proximidade das lesões da convexidade cerebral baixa (perisilviana) sugere o comprometimento da área somatosensorial secundária e parece comprovar os achados experimentais de crises somatosensoriais originadas desta área.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2002; DOI:10.1590/S0004-282X2002000300030 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Sebastião Gusmão · Cassius Reis · Silveira Roberto Leal
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Realizamos estudo anatômico das veias anastomóticas de Trolard e de Labbé em sete segmentos cefálicos com o objetivo de precisar o trajeto e as referências que facilitem a preservação destes vasos durante o procedimento cirúrgico. Estudamos também as relações da veia de Trolard com a área motora.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2001; DOI:10.1590/S0004-282X2001000100013 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: O conhecimento da anatomia da face súpero-lateral do cérebro é fundamental para localizar e abordar as lesões cerebrais. Faz-se a revisão da literatura dos sinais e referências para identificar os sulcos e giros da face súpero-lateral do cérebro na tomografia computadorizada e na ressonância magnética. O uso conjunto dos vários sinais possibilita a identificação dos sulcos e giros e a localização das lesões cerebrais na quase totalidade dos casos.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2001; DOI:10.1590/S0004-282X2001000100014 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Sebastião Gusmão · Cassius Reis · Silveira Roberto Leal · Guilherme Cabral
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Realizamos estudo anatômico das relações da sutura coronária com os sulcos da convexidade do lobo frontal em sete segmentos cefálicos. Os sulcos pré-central e central distam, respectivamente, 26,5 mm e 40,5 mm do bregma e 15,0 mm e 35,5 mm do ptério. A utilização da sutura coronária como ponto de referência, e especialmente, sua relação com os sulcos da face súpero-lateral do lobo frontal, permite determinar a projeção sobre o crânio de lesões cerebrais superficiais com a finalidade de delimitar o acesso cirúrgico e orientar a abordagem da convexidade cerebral.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2001; DOI:10.1590/S0004-282X2001000400016 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Gusmão Sebastião Silva · Silveira Roberto Leal · Aluízio Arantes
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Apresentamos um caso de fratura do côndilo occipital tratada cirurgicamente, que se manifestou por cervicalgia, lesão dos nervos IX, X e XII e síndrome piramidal dos quatro membros. É realizada revisão da literatura sobre o tratamento cirúrgico da fratura do côndilo occipital.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2001; DOI:10.1590/S0004-282X2001000100029 · 1.01 Impact Factor
  • Source
    Sebastião Gusmão · Silveira Roberto Leal · CABRAL FILHO GUILHERME
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Relatam-se os trabalhos pioneiros de Broca sobre localizações cerebrais e topografia cranioencefálica e a aplicação dos mesmos à primeira craniotomia baseada em localização cerebral.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/2000; DOI:10.1590/S0004-282X2000000600028 · 1.01 Impact Factor
  • Sebastião Gusmão · Silveira Roberto Leal · RODRIGO FALEIRO
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Descreve-se modificação do cisel convencional, denominada cisel em forma de U, com a finalidade de tornar mais precisa e segura a secção do teto da órbita no acesso orbitofrontal.
    Arquivos de Neuro-Psiquiatria 01/1999; DOI:10.1590/S0004-282X1999000200027 · 1.01 Impact Factor