Article

Gêneros discursivos e construção identitária em língua portuguesa

Source: OAI

ABSTRACT Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Lingüística, Línguas Clássicas e Vernácula, 2006. Discuto nesta pesquisa os gêneros discursivos e a construção identitária do aluno em Língua Portuguesa. Na análise, enfoco como o gênero discursivo é trabalhado e como as identidades dos alunos são construídas por meio de textos. Nesse contexto, insere-se a pesquisa aqui proposta que segue, principalmente, a ótica da Análise de Discurso Crítica (ADC), dentro da Teoria Social do Discurso. Os pressupostos teóricos utilizados foram, para a Análise de Discurso Crítica, Fairclough (1992, 2001, 2003); Chouliaraki e Fairclough (1999); Pedro (1997); para Gêneros Discursivos, Bakhtin (1986, 2000), Fairclough (2003) e Bazerman (2005); para a Ideologia, Thompson (2002) e Althusser (2001). Na análise da formação identitária do aluno, emprego Hall (2003) Silva (2000); Giddens (1991, 2002). A metodologia de pesquisa adotada é a qualitativa, conforme Chouliaraki & Fairclough, (1999); Bauer & Gaskell, (2004); Flick, (2004). Os dados compõem-se de amostras da produção textual dos alunos e de textos trazidos pela professora, bem como de trechos de notas de campo coletadas durante a observação em duas salas de aula de sétima série. Os resultados da pesquisa apontam para o desconhecimento dos professores em lidar com os gêneros discursivos na sua prática docente. Há a predominância de textos literários retirados do livro didático. Apontam ainda para um discurso de enfraquecimento da identidade do aluno, visto como problema, sem levar em consideração o sistema de ensino, ponto-chave para mudanças desejáveis ou uma reflexão sobre a prática de ensino/aprendizagem. Percebe-se também uma relação profundamente assimétrica entre professor e aluno com apagamento da voz do aluno. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT I argue in this research the genre discoursive and the identity construction of the pupils in the Portuguese Language. The analysis to it of as the discoursive genre is worked in classroom for teachers of seventh class of Portuguese Language and as the identities of the pupils are constructed by means of this education. In this context, it is inserted here research proposal that will be analyzed, mainly, under the optics of the Critical Discourse Analysis (CDA), within the Social Theory of Discourse. The theoreticians adopted were, for Critical Discourse Analysis, Fairclough (1992, 2001, 2003); Chouliaraki e Fairclough (1999); Pedro, (1997); for Discoursive Genres, Bakhtin (1986, 2000), Fairclough (2003) and Bazerman (2005); for Ideology, Thompson (2002) and Althusser (2001); and for the identity of the class, Hall (2003) Silva (2000); Giddens (1991, 2002).The research follows the qualitative methodology, according to (Chouliaraki & Fairclough, 1999; Bauer & Gaskell, 2004; Flick, 2004).Through the analysis of the texts made in class and the other bring out for the teacher and from the didatic book. The results of the research point with respect to the ignorance of the professors in dealing with the discoursive genre in its practical professor. There is the predominance of removed literary genres of the didactic book .They still point with respect to a speech of weakness of the identity of the seen pupil as problem, without taking in consideration the system of education, point key for desirable changes or a reflection on practical of education/the learning. A deeply anti-symmetrical relation between professor and pupil with deletion of the voice of the pupil is also perceived.

0 Bookmarks
 · 
120 Views

Full-text

View
2 Downloads
Available from