Article

DIFERENCIAÇÃO DE PREÇOS COMO ESTRATÉGIA DE REAÇÃO AO NOVO PROTECIONISMO: O CASO DA SIDERURGIA BRASILEIRA NO PERÍODO DE 1990 A 2002

02/2006;
Source: RePEc

ABSTRACT RESUMO O artigo analisa a diferenciação de preços entre as vendas domésticas e as exportações como instrumento de reação da indústria siderúrgica brasileira às barreiras não-tarifárias aplicadas pelos EUA. A intensidade dos custos fixos e as especificidades do processo de produção permitem à siderurgia brasileira reagir ao protecionismo dos EUA menos pela redução de volumes exportados do que pela prática de preços mais baixos nas exportações, de modo a manter a quantidade vendida total e o mark up total nos níveis desejados. Em indústrias intensivas em capital fixo, é possível aplicar elevadas taxas de mark up, no sentido kaleckiano, ou seja, fixação do preço de venda com um acréscimo desejado sobre o preço de custo. O repasse dos custos primários de produção (mão-de-obra e insumos básicos) para o preço de venda do aço no mercado doméstico tem sido feito de forma mais que proporcional pela siderurgia brasileira, de modo a garantir preços menores nas vendas para os EUA. A discriminação de preços entre mercados permite à siderurgia nacional manter a posição relativa de suas exportações para os EUA e a rentabilidade geral desejada. Palavras-chave: Diferenciação de preços; indústria siderúrgica; mark up; novo protecionismo ABSTRACT The aim of this paper is to analyze the prices differentiation between local sales and exports as an instrument of the Brazilian steel industry to react against non-tariffs trade barriers applied by United States of America. The intensity of fixed costs and specificities of the production process allows the Brazilian industry to react to the trade protectionism of the USA less by the reduction of the quantities exported than by the practice of low prices on it, in order to keep the total sales quantity and total mark up in the desirable levels. According to Kaleckis term it is possible to apply mark up high taxes in intensive industries, it means a determination of the sale price with an extra desirable on the cost price. The repass of the production primary costs (workforce and basic inputs) to the steel sales price in local market has been done more than a proportional way by the Brazilian steel industry, in order to get an offer of smaller price prices on sales to the U.S.A. Under trade barriers, the prices discrimination between markets allows the national steel industry to keep the relative position of its exports in the North-American market and to preserve the desirable general profitability.

Full-text

Available from: Tatiana Massaroli Melo, Mar 30, 2015
0 Followers
 · 
130 Views