Article

A dimensão física do trabalho de enfermagem : análise ergonômica no contexto hospitalar

01/2008;
Source: OAI

ABSTRACT Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008. Este estudo foi realizado com o objetivo de analisar o processo de trabalho da equipe de enfermagem que atua no cuidado direto aos usuários, no contexto hospitalar, sob a visão da ergonomia francofônica. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, em uma abordagem qualitativa, em que utilizou-se como fio condutor a Análise Ergonômica do Trabalho. O estudo foi dividido em três fases. Na primeira fase, coletou-se dados referentes aos afastamentos por motivo de saúde dos trabalhadores de enfermagem, referentes ao ano de 2004. A análise desses dados resultou na publicação de um Artigo. Em um segundo momento, para definição das clínicas a serem estudadas, observou-se os afastamentos relativos ao ano de 2006. A escolha recaiu sobre a Clínica Médica e Maternidade por apresentarem a maior e a menor porcentagem de afastamentos, respectivamente. Na segunda fase, utilizou-se a Análise Ergonômica do Trabalho – AET, momento em que se procurou compreender o contexto de trabalho, sendo realizadas observações globais. Na terceira fase, observou-se de forma sistemática as atividades de maior relevância e realizou-se entrevista com os trabalhadores, sendo estas observações descritas em forma de crônicas e analisadas. Constatou-se um trabalho em ritmo acelerado, turnos alternados, sobrecarga física, posturas desconfortáveis/estáticas, movimentos repetitivos, queixas musculoesqueléticas; bem como a necessidade de se utilizar com freqüência a memória, o raciocínio e o psíquico, pela variabilidade de situações, constrangimentos e convivência com a dor e morte. Diante das situações encontradas, alguns itens para adequação e apoio aos trabalhadores foram sugeridos. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT This study was conducted in order to analyze the process of the working process of the nursing team which deals with the direct care of users, in the hospital context under the view of Francophone Ergonomics. It is a deep, descriptive study, in a qualitative approach that used as base the Ergonomic Analysis of Work. The study was divided in three phases. In the first phase, data were collected referred to absenteeism motivated by health of nursing workers during the year 2004. The analysis of those data resulted on the publication of an article. In a second moment, to define the clinics to be studied, the absenteeism related to the year 2006 were observed. The choice was Medical Clinic and Maternity, because it demonstrated the highest and the lowest percentage of absenteeism, respectively. In the second phase, the Ergonomic Analysis of work –AET was used, whose moment tried to comprehend the context of work, being conducted global observations. In the third phase, activities of bigger relevancy were observed systematically and an interview with the workers was conducted, whose observations were described in a chronicle and analyzed. It was noticed a work in accelerated rhythm, alternated schedules, physical overload, uncomfortable/static postures, repeated movements, musculoesqueletical complains, such as the necessity of the frequent use of the memory, reasoning and psychic due to the variability of situation, constraints and coexistence with the pain and death. Among to the found situations, some items for the adequacy and support to the workers were suggested.

0 Bookmarks
 · 
139 Views

Full-text

Download
0 Downloads
Available from