Article

A clínica da histeria e o caso Katharina de Sigmund Freud.

Source: OAI

ABSTRACT Este trabalho tem o objetivo de discutir o caso clínico "Katharina" de Freud, de 1893, considerando aspectos da clínica de Freud naquele período. Para isso abordamos as concepções sobre a histeria ao longo da história e também presentes no contexto dos primeiros trabalhos de Freud. Nossa intenção foi enfocar alguns elementos do proceder clínico de Freud ao tratar de Katharina. O percurso deste trabalho levantou a maneira como a histeria foi vista na história da medicina, e procurou mostrar o contexto dentro do qual Freud tomou contato com os fenômenos histéricos através de suas pacientes. Em seguida assinalamos as contribuições principais de Freud, no estudo da histeria, a fim de termos os elementos necessários para discutirmos a clínica freudiana no caso Katharina. Ao final do trabalho reconhecemos que a principal contribuição de Freud nesse caso clínico foi a revelação do método clínico, utilizando-se apenas da fala como instrumento de cura, pela primeira vez na história da clínica de Freud. Concluímos que desde o início de seu trabalho sua clínica não era mera aplicação de uma teoria, mas um fértil ambiente de criação. Dissertação (Mestrado).

2 Bookmarks
 · 
2,055 Views