Article

Manejo da adubação nitrogenada e influência no crescimento da aveia preta e na produtividade do milho em plantio direto = Management of nitrogen fertilization in the growth of black oat and corn yield in a no-tillage system

Acta Scientiarum : Agronomy 01/2009;
Source: DOAJ

ABSTRACT A aveia preta é responsiva à adubação nitrogenada, a qual propicia aumento de biomassa e acúmulo de N, o qual poderá ser aproveitado pelo milho em sucessão. O trabalho foi realizado em Campo Mourão, Estado do Paraná, e teve como objetivo avaliar a resposta da aveia àadubação nitrogenada e a produtividade do milho cultivado em sucessão. Os tratamentos consistiram na aplicação de nitrogênio (120 kg ha-1), tendo como fonte o sulfato de amônio, como a seguir: T1: (24-90-30); T2 (0-90-30); T3 (144-0-0); T4: (0-0-0), onde a adubação foi feita respectivamente na semeadura da aveia preta (SA), em pré-semeadura do milho, na aveia dessecada (PS) e na semeadura do milho (SM). No tratamento 1, a aveia recebeu somente a adubaçãonitrogenada na semeadura (24 kg ha-1) e no tratamento 2, a aveia não foi adubada; somente o milho recebeu adubação com N. No tratamento 3, a aveia recebeu uma adubação nitrogenada básica na semeadura (24 kg ha-1), mais 120 kg de N ha-1, antecipado do milho, o que fez um total de144 kg N ha-1. Os resultados permitiram concluir que, durante dois anos, aveia adubada com 144 kg ha-1 de N na semeadura possibilitou maior produção de massa seca, a qual influenciou positivamente naabsorção de N e na produtividade do milho; não foi observada diferença na produtividade do milho submetido à adubação nitrogenada no início do cultivo (120 kg ha-1) ou quando aplicado todo N nasemeadura da aveia adubada (144 kg ha-1).

The black oat is a crop that responds well to nitrogen fertilization,resulting in biomass increase and accumulation of N, which can then be used in succession by corn. The experiment was accomplished in Campo Mourão, Paraná state, over two agricultural years andthis study had as its objective to evaluate the response of oats to nitrogen fertilization, as well as the yield of corn cultivated in succession. The treatments consisted of nitrogen application (120 kg ha-1) on the oats, through ammonium sulfate, as follows: 24-90-30; 0-90-30; 144-0-0; 0-0-0; these sequences of numbers correspond to N applied in the sowing of black oats (SA), N in pre-sowingof corn (PS), and N in the sowing of corn (SM). In the treatment one, the oat received only the nitrogen fertilizer in sowing of 24 kg ha-1 and in the treatment two, the oat was not fertilized, but the corn received it. In the treatment three, the oat received a nitrogen fertilizer basic in sowing of 24 kg ha-1, as well it received 120 kg N of corn, that made of 144 kg N ha-1. The results led to theconclusion that the oats fertilized with 144 kg ha-1 of N during sowing obtained a larger production of dry mass, as well it increased the N content and corn yield; the corn has not difference of yieldwhen submitted to the nitrogen fertilizer in the beginning of the cultivation (120 kg ha-1) or when the fertilizer was applied all in the oats sowing (144 kg ha-1).

1 Bookmark
 · 
243 Views