Article

Representação de parturientes acerca da dor de parto

Revista Eletronica de Enfermagem 01/2008;
Source: DOAJ

ABSTRACT Este estudo teve como foco conhecer as representações de parturientes acerca da dor de parto. Representa também o conceito de representação, discutindo-se a relação da dor de parto historicamente relacionado a algo intolerável e doloroso fisicamente. A pesquisa foi realizada na Unidade de Parto Humanizado de uma Maternidade Pública de Natal/RN, no período de 01 mês no ano de 2007. Os sujeitos foram 19 parturientes a partir de sua segunda gestação e estar na fase ativa do trabalho de parto. Os dados foram coletados por meio de entrevistas gravadas e analisados com a técnica de análise de conteúdo, especificamente, a análise temática por categorias. Os resultados confirmaram que as representações acerca da dor de parto são similares entre as parturientes com significações ou conotações associadas à sua intensidade e qualidade da dor, sua localização e ao antagonismo da dor. Concluímos que a representação dessa dor é tanto forma de saber como forma de constituição de um contexto sócio-cultural, referentes ao comportamento de vivência e de difícil compreensão por quem nunca a sentiu.

0 Bookmarks
 · 
84 Views
  • [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: This study evaluated the pain intensity and behavior during labor and delivery, among women who had natural childbirth, without analgesia, in one of the following positions: semi-sitting, lying on the left side, and lithotomy. This is a descriptive, cross-sectional and correlational study. The instruments used were a validated questionnaire that evaluates pain and behavior during labor and childbirth, from the women's perspective, and two pain scales: one analog and one alphanumerical. It was observed that the pain among women who had childbirth in a lithotomy position was significantly smaller compared to those lying on the left side (p=0.003), though women chose the positions. There was an association between pain and behavior. Pain in labor and childbirth were associated among each other, as was the behavior in these two moments. The results point at an association between the position at childbirth and pain, but it was not possible to identify factors to explain this association; therefore, there is a need for longitudinal studies.
    Revista da Escola de Enfermagem da U S P 06/2011; 45(3):557-65. · 0.39 Impact Factor
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: O cuidar é necessário durante todo o processo do parto, e conhecer o que as mulheres têm a dizer sobre suas experiências permite que as práticas sejam repensadas. Assim, este estudo teve como objetivo identificar como se apresentam os Componentes do Cuidado de Enfermagem nas falas das puérperas acerca do seu processo de parto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa envolvendo três instituições públicas de cada um dos estados da Região Sul do Brasil no período de agosto a dezembro de 2006, tendo como sujeitos 28 puérperas, entrevistadas no alojamento conjunto por meio de entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados conforme passos propostos por Creswell. O referencial teórico utilizado para sustentar a coleta e análise de dados foram os Componentes do Cuidado de Enfermagem propostos por Carraro, baseados em Nightingale e Semmelweis. Os resultados apontam os aspectos relativos ao cuidado da mulher no processo do parto, possibilitando ter clareza sobre suas necessidades de forma a qualificar o cuidado prestado. Desta forma, seus depoimentos contribuem para promover a reflexão e futuras mudanças nos cuidados prestados pela Enfermagem e toda a Equipe de Saúde.
    Revista Eletrônica de Enfermagem. 01/2010;