Article

A epidemiologia da esquizofrenia

Revista Brasileira de Psiquiatria (Impact Factor: 1.86). 01/2000; DOI: 10.1590/S1516-44462000000500006
Source: DOAJ

ABSTRACT A epidemiologia estuda a ocorrência e a distribuição de uma doença, ou condição relacionada à saúde, nos diversos gru- pos populacionais, procurando investigar os fatores determinantes em sua etiologia e prognóstico. Para o cálculo da freqüência da esquizofrenia na população, devem-se con- siderar o numerador (número de doentes) e a população (nú- mero de habitantes da área estudada) em determinada faixa etária. Em uma dada população, todos os casos devem ser incluídos no numerador. Alguns estudos epidemiológicos identificam seus casos a partir do contato com os serviços de atendimento, enquanto outros são desenvolvidos na comuni- dade, incluindo ou não os pacientes eventualmente institucionalizados. Prevalência A prevalência é a medida da proporção de indivíduos que apresentam um determinado transtorno no momento da avalia- ção (ponto-prevalência) ou em um período de tempo estabele- cido (prevalência em um mês, no ano, na vida etc). Em uma revisão de vários estudos epidemiológicos conduzidos na Eu- ropa e nos Estados Unidos, Dohrenwend et al 1 estimaram a prevalência de esquizofrenia com base na tendência central dos resultados (mediana) em 0,59%, com variação de 0,6% a 3%, dependendo dos critérios diagnósticos utilizados, não haven- do evidência de diferença entre os sexos. Eaton 2 revisou 25 estudos de prevalência de transtornos mentais realizados em

0 Bookmarks
 · 
99 Views
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: INTRODUÇÃO: No século XX, as mulheres vivenciaram inúmeras transformações e alcançaram uma participação mais ativa na sociedade.O estudo visa descrever o perfil da clientela feminina, admitida em um serviço de internação psiquiátrica com as transformações históricas, sociais e demográficas.Oferece um retrato comparativo das condições epidemológicas existentes no decorrer da série histórica e os aspectos do meio da condição sociocultural das mulheres do estado. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo epidemiológico descritivo, longitudinal, tipo série histórica de dados, baseado na coleta de dados efetuada no serviço de arquivo médico e de estatísticas de um hospital. Foram analisadas as seguintes variáveis: idade, estado civil, cor, setor profissional, ocupação, classe social e diagnóstico psiquiátrico, todos padronizados conforme os critérios da Classificação Internacional de Doenças, edições 9 e 10. Para identificação dos casos, utilizaram-se todas as primeiras internações de mulheres. RESULTADOS: No decorrer de 70 anos, obteve-se um total de 9.629 indivíduos/casos. Observou-se o predomínio de mulheres na faixa etária de 26 a 45 anos (47,9%), brancas (91,3%), pertencentes ao subproletariado (86,8%), fora da população economicamente ativa (96,7%) e com diagnóstico de transtornos afetivos (28,6%) e psicoses esquizofrênicas (25,2%). Quanto ao estado civil, verificou-se maior presença de mulheres casadas (44,9%). Todavia, na década de 90, as mulheres solteiras representaram 54,4%, enquanto que as casadas perfizeram 39,7% das pacientes. CONCLUSÃO: Foram detectadas mudanças significativas nos motivos para admissão de mulheres nos últimos anos. Sugere-se que as variações tenham sido influenciadas pelos determinantes biológicos das doenças mentais graves e, também de maneira significativa, pelas pressões sociais advindas do novo papel da mulher na sociedade.
    Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul 12/2006; 28(3):245-254.
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: OBJETIVE: To find out the variation range according to gender, age, number of admissions, and stay length in hospital for schizophrenic patients. METHODS: The study was performed in Doutor João Machado Hospital, Natal/RN – Brazil from 1999 through 2005. The number of cases, the stay length in hospital, the gender, and the age of the mentioned group were collected. This data was analyzed by descriptive statistics and Mann-Whitney Test with a 5% significance level. RESULTS: Over that time, 12,732 people were admitted. The schizophrenic patients corresponded to 35.35% (4,501). The stay length in the hospital was 44.33 ± 36,9 days, compared to 29.5 ± 61.6 days for non-schizophrenic patients (p < 0.0001). The average age was 38.7 ± 13.5 years and most patients (65.78%) were male. In 1999, 39.8 out of 100 admitted patients were schizophrenic; in 2005 this ratio was reduced to 30.1. Paranoid schizophrenia was the most prevalent type, reaching 1,829 (40%) patients during the study time. CONCLUSIONS: The study shows a trend to reduced number of patients admitted due to schizophrenia, as well as a reduced stay length in the hospital.
    Jornal brasileiro de psiquiatria 12/2006; 56(3):157-161.
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: OBJETIVOS: Identificar el perfil de los usuarios del Consultorio Externo de Salud Mental y del Centro de Atención Psicosocial de Lorena - Sao Paulo. MÉTODOS: Estudio exploratorio descriptivo cuyos datos fueron recolecatos en 5.830 historias clínicas de los usuarios de esos dos servicios de Salud Mental. RESULTADOS: Se analizaron 5.490 historias clínicas em el Consultorio Externo y 340 en el Centro de Atención Psicosocial. En el Consultorio externo el 68% de los usuarios eran mujeres y en el Centro de Atención Psicosocial, el 61% eran hombres. Los diagnósticos que prevalecieron en el Consultorio Externo fueron: trastornos neuróticos, relacionados al estrés y los somatoformes, y en el centro de Atención Psicosocial, fueron los trastornos generados por el uso de sustancias psicoactivas. El grupo de medicamentos más prescritos en el Consultorio Externo fue el de los antidepresivos, y en el Centro de Atención Psicosocial, los antipsicóticos. CONCLUSIÓN: Se verificó que los servicios de Salud Mental actúan de forma desarticulada con la Atención Básica de Salud y se hace necesario implantar el apoyo matricial en ese municipio.
    Acta Paulista de Enfermagem 12/2011; 25(1):48-54. · 0.14 Impact Factor

Full-text (2 Sources)

Download
102 Downloads
Available from
May 29, 2014