Article

A residência em Radiologia: o ponto de vista do médico residente

Radiologia Brasileira 01/2001; DOI: 10.1590/S0100-39842001000200003
Source: DOAJ

ABSTRACT Os autores entrevistaram 211 médicos residentes de 44 instituições de saúde, cujos programas de Residência em Radiologia estavam credenciados ou com projetos reconhecidos pela Comissão Nacional de Residência Médica. Nessas entrevistas, foram relacionados os pontos positivos, os pontos negativos e as sugestões para o aprimoramento desses programas. Os médicos residentes apontaram como aspectos mais relevantes dos programas o número de exames realizados e a diversidade de doenças encontradas. Como principais pontos negativos, citaram a falta de alguns aparelhos e o número excessivo de equipamentos danificados ou sucateados. Entre as sugestões, ressaltaram o intercâmbio entre médicos residentes das instituições e a possibilidade de atividades específicas de Residência em Radiologia durante eventos científicos como as mais importantes. Espera-se que os aspectos destacados e as sugestões apresentadas possam servir de subsídios para o aprimoramento dos programas de Residência Médica em Radiologia no País.

0 Bookmarks
 · 
172 Views
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Objective: To highlight the relevance and necessity of implementing a service to provide psychological support to physicians specializing in radiology and imaging diagnosis. Materials and Methods: Qualitative research with application of a questionnaire to 219 residents and trainees in radiology and imaging diagnosis, in the period between 2007 and 2009. The questionnaire included questions regarding their psychosocial profile, perception of the level of relationship with the service team, level of learning, psychological difficulties and evaluation of the prevalence of anxiety and depression symptoms according to the Hospital Anxiety and Depression Scale. Results: Among the respondents, 116 (53%) were women and 103 (47%) were men. Most of them, 170 (77.6%), were in the age range between 20 and 30 years. It was observed that 51.1% of the respondents presented anxiety and 54.8%, depression symptoms. Among the respondents, 44.8% showed interest in seeking psychological assistance to address their problems. Conclusion: The implementation of a service to provide psychological support to residents and trainees in radiology and imaging diagnosis should be done by psychologists specialized in hospital and clinical psychology, skilled to welcome and assist them to deal with difficulties in the training, as well as in their adaptation and integration, thus contributing to reduce stress and symptoms of anxiety and depression. Objetivo: Ressaltar a importância e a necessidade da implantação de um serviço de apoio psicológico ao médico em formação em radiologia e diagnóstico por imagem. Materiais e Métodos: Pesquisa qualitativa. Aplicação de um questionário a 219 residentes e especializandos em radiologia e diagnóstico por imagem, no período de 2007 a 2009, constituído por perguntas referentes a perfil psicossocial, percepção do nível de relacionamento com a equipe do serviço, nível de aprendizagem, dificuldades psicológicas e avaliação da prevalência de sintomas ansiosos e depressivos pela Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão. Resultados: Dos médicos alunos entrevistados, 116 (53%) eram do sexo feminino e 103 (47%) do sexo masculino. A maioria, 170 (77,6%), encontrava-se na faixa etária de 20 a 30 anos. Observou-se que 51,1% apresentaram sintomas ansiosos e 54,8%, sintomas depressivos. Do total dos alunos, 44,8% manifestaram desejo de buscar assistência psicológica para auxiliar na orientação de seus problemas. Con-clusão: A inserção de um serviço de apoio psicológico para médicos em formação em radiologia e diagnóstico por imagem deve ser feito por psicólogos especialistas em psicologia hospitalar e psicologia clínica com competência para auxiliar na formação do médico aluno, por meio do suporte às vicissitudes do treinamento, no acolhimento, adaptação e integração, contribuindo para a redução do estresse e dos sintomas de ansiedade e depressão. Unitermos: Internato e residência médica; Ansiedade; Depressão. Abstract Resumo HA. The relevance of psychological support to medical resident and specializing in radiology and imaging diagnosis. Radiol Bras. 2011 Mar/Abr;44(2):81–84.
  • Source
    Radiologia Brasileira 01/2007; 40(1).
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: OBJETIVO: Identificar diferenças no perfil psicossocial do especializando e médico residente em radiologia e diagnóstico por imagem, avaliar a aspiração profissional e as motivações internas que os influenciaram a escolher a especialidade radiologia e diagnóstico por imagem e se o nível de satisfação profissional melhora a relação médico-paciente. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi aplicado um questionário com 26 perguntas que constava também do teste de auto-estima de Rosenberg. RESULTADOS: A auto-estima está acima da média para 39,6% dos médicos. Para 38,7% dos alunos, a escolha da medicina se deu por aptidão ou realizações pessoais. Para 50,9% dos médicos entrevistados, os clientes compreendem e assimilam as informações transmitidas. Apresentam condições para esclarecer as dúvidas dos pacientes 77,4% dos médicos. CON- CLUSÃO: Não há diferença no perfil psicossocial do especializando e do médico residente em radiologia e diagnóstico por imagem. A aspiração profissional e as motivações internas dos médicos residentes e espe- cializandos têm as mesmas influências na escolha da especialidade. Os médicos residentes estão mais pre- parados para o envolvimento na relação médico-paciente do que os especializandos. Unitermos: Residência médica; Motivação; Perfil; Relação médico-paciente. Profile of the physician undergoing education in radiology and diagnostic imaging. OBJECTIVE: To identify differences in the psychosocial profile of medical trainees and residents in radiology and diagnostic imaging, to evaluate the professional aspirations and inner motivation driving their choice of the specialty of radiology and diagnostic imaging, as well as whether their professional satisfaction level improves the doctor-patient relationship. MATERIALS AND METHODS: A 26-question questionnaire includ- ing the Rosenberg's self-esteem scale was completed by medical trainees and residents. RESULTS: Self- esteem is above average for 39.6% of the respondents; aptitude for medicine or personal realization has motivated the choice of 38.7% of the students; for 50.9% of the respondents, the patients understand and assimilate the information received from doctors; 77.4% of the doctors are able to clarify the patients doubts. CONCLUSION: In terms of psychosocial profile, there is no difference between medical trainees and resi- dents in radiology and diagnostic imaging. Professional aspirations and inner motivation have played equiva- lent roles in the specialty choice of medical trainees and residents. Medical residents are better prepared to Abstract
    Radiologia Brasileira 01/2007; 40(2).

Full-text (2 Sources)

Download
43 Downloads
Available from
May 30, 2014