Article

Punção aspirativa por agulha fina em tumores cervicais

Revista Brasileira de Otorrinolaringologia 01/2002; DOI: 10.1590/S0034-72992002000300015
Source: DOAJ

ABSTRACT Introdução: Inúmeras são as patologias que podem se apresentar inicialmente como uma lesão em região cervical, o que torna o seu diagnóstico nem sempre simples. A punção aspirativa por agulha fina (PAAF) é um método simples, seguro e eficaz no sentido de auxiliar o diagnóstico de tumorações cervicais. Objetivo: Avaliar o desempenho diagnóstico da PAAF em lesões cervicais realizadas no Serviço de Otorrinolaringologia (SORL) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Forma de estudo: retrospectivo, clínico, não randomizado. Material e método: Foi realizado um estudo retrospectivo dos pacientes que foram submetidos a PAAF no SORL do HCPA entre julho de 1998 e dezembro de 1999. Foram excluídos pacientes¹submetidos à PAAF de tireóide² com dados incompletos³ que perderam acompanhamento4 que não tinham diagnóstico definitivo da lesão. Os resultados das PAAF foram comparados com o diagnóstico definitivo, sendo este estabelecido por exame anatomopatológico (grupo I) ou por evolução clínica e/ou outros exames (grupo II). Resultados: Dos 70 pacientes incluídos no estudo, 7% apresentaram punções insatisfatórias e, dentre os materiais satisfatórios, houve 88,6% de acerto diagnóstico. No grupo I encontramos 8% de punções insatisfatórios e 88,2% de acerto diagnóstico. Já no grupo II os mesmos dados foram, respectivamente, 6% e 87,1%. O índice total de acerto, incluindo as punções insatisfatórias chegou a 81,5%. Discussão: Os resultados encontrados corroboram os altos índices de acerto diagnóstico das PAAF descritos na literatura, confirmando ser este um método de grande auxílio no diagnóstico de tumorações cervicais. Assim, nos sentimos encorajados a seguir utilizando de forma rotineira tal técnica.

0 Bookmarks
 · 
202 Views

Full-text

View
0 Downloads
Available from