Dataset

54 - A MANOMETRIA ANORRETAL (MÉTODO DO BALÃO) NO DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DA DOENÇA DE HIRSCHSPRUNG

ABSTRACT OBJETIVO. Apresentar os resultados dos exames de manometria anorretal realizados com um aparelho brasileiro
computadorizado, que utiliza o método do balão para a caracterização do reflexo inibitório reto anal na investigação
diagnóstica da doença de Hirschsprung, em crianças com constipação crônica.
MÉTODOS. Foram analisados os resultados de 372 manometrias anorretais realizadas consecutivamente em pacientes com
constipação crônica. O equipamento utilizado (Proctosystem-Viotti) possui dois canais utilizados para registar as pressões do
esfíncter anal e da ampola retal por meio de balões conectados por sonda aos transdutores de pressão. Os valores pressóricos
são avaliados em computador utilizando software específico. A ausência do reflexo inibitório reto-anal foi considerada como
sugestiva de doença de Hirschsprung, sendo o diagnóstico confirmado pelos métodos tradicionais.
RESULTADOS. Em 14 (3,8%) dos 372 exames não foi caracterizado o reflexo inibitório reto-anal. Em nove destes 14 pacientes
o diagnóstico de doença de Hirschsprung foi confirmado pela caracterização de ausência de células ganglionares na avaliação
anatomopatológica. Nos outros cinco pacientes não foi realizada a biópsia retal em função da evolução clínica satisfatória com
o tratamento clínico da constipação, sendo que em quatro a presença de reflexo inibitório reto-anal foi caracterizada por
exame de manometria anorretal realizado posteriormente.
CONCLUSÃO. O equipamento utilizado foi apropriado para a realização da manometria anorretal permitindo descartar o
diagnóstico de doença de Hirschsprung em 86,5% dos pacientes. Foi identificado um pequeno grupo de pacientes nos quais,
em mais da metade, o diagnóstico definitivo de doença de Hirschsprung foi estabelecido.

0 Bookmarks
 · 
73 Views
  • [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Anorectal disorders are common in children. It has been estimated that 10% of children are brought to medical attention because of a defecation disorder, and constipation is the chief complaint in 3% to 5% of all visits to pediatricians. Most of these children suffer from functional constipation. There are substantial differences in the approach to children and adults with anorectal disorders. This article discusses the commonest pediatric anorectal disorders, emphasizing the differences between children and adults in terms of clinical presentations, pathophysiology, diagnosis, and treatment.
    Gastroenterology Clinics of North America 04/2001; 30(1):269-87, ix. · 3.00 Impact Factor
  • Source
    Zeitschrift fur Kinderchirurgie. 01/1988; 43:403-407.
  • [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Constipation, encopresis, and fecal incontinence are common problems in children. Constipation can have a variety of causes, such as organic and anatomic causes or intake of medication. Encopresis is the involuntary loss of formed, semiformed, or liquid stool into the child's underwear in the presence of functional (idiopathic) constipation in a child 4 years of age or younger. Fecal incontinence is fecal soiling in the presence of an organic or anatomic lesion, such as Hirschsprung's disease, anal malformation, anal surgery or trauma, meningomyelocele, and some muscle disease. This article reviews the symptoms of functional constipation in young children and the symptoms of functional constipation and encopresis in older children, presents the differential diagnosis of constipation with or without fecal incontinence, describes the evaluation and treatment of these children, and reports on treatment outcome.
    Pediatric Clinics of North America 03/1996; 43(1):279-98. · 1.78 Impact Factor

Dataset

View
279 Downloads
Available from
May 15, 2014