Article

Fechamento percutâneo do forame oval patente

Hospital dos Servidores do Estado MS-RJ, Rio de Janeiro, RJ; CARPE – Cardiologia Pediátrica e Fetal, Rio de Janeiro, RJ; Hospital CardioBarra, Rio de Janeiro, RJ; Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, SP; Hospital de Clínicas de Niterói, Niterói, RJ; Hospital PROCORDIS, Niterói, RJ; Universidade Federal Fluminense/UFF, Niterói; RJ. Correspondência: Francisco Chamié. Rua Voluntários da Pátria; Centro Médico Botafogo. Botafogo, 22270-000, Rio de Janeiro, RJ, CEP
Rev Bras Cardiol Invas 01/2005; 13:185-197.

ABSTRACT RESUMO O forame oval patente (FOP) é uma condição muito prevalen-te na população geral, e tem sido demonstrada sua associação com diversas condições patológicas, a saber: embolias parado-xais sistêmicas – acidentes vasculares cerebrais (AVC), ata-ques isquêmicos transitórios (AIT), infarto agudo do miocárdio (IAM), embolias para circulação mesentérica, renal, de membros inferiores, etc – enxaqueca, síndromes descompres-sivas em mergulhadores e síndrome de ortodeoxia-platipnéia. No presente texto, revisamos sua morfogênese, analisamos de forma detalhada sua relação com acidentes vasculares encefálicos e enxaqueca na atualidade, além do papel do aneurisma do septo interatrial (ASA) e sua relação com o forame. Descrevemos os métodos disponíveis para diagnós-tico, e fazemos uma breve revisão histórica do fechamento percutâneo do forame oval, descrevendo desde as primeiras próteses utilizadas até as mais recentemente desenvolvidas. Apresentamos a técnica de fechamento percutâneo utilizada por nosso grupo e comparamos os resultados com as diferentes formas de tratamento. DESCRITORES: Defeitos do septo interatrial. Acidente cere-brovascular. Enxaqueca.

0 Bookmarks
 · 
314 Views

Full-text (2 Sources)

Download
157 Downloads
Available from
Jun 11, 2014