Article

Paradigmas do desenvolvimento cognitivo: uma breve retrospectiva

Estudos de Psicologia (Natal) 01/2006; 11:71-78. DOI: 10.1590/S1413-294X2006000100009

ABSTRACT Resumo A cognição humana tem sido foco de diversas investigações no campo da psicologia do desenvolvimento, buscando-se construir um referencial teórico-empírico para orientar estudos e intervenções nesta direção. O debate tem se situado em torno de grandes paradigmas – piagetiano, neopiagetiano, processamento informacional, contextual e biológico-maturacional/neurociência cognitiva, sendo considerados, por vezes, enquanto referencial absoluto de verdade, e percebidos como excludentes entre si. O objetivo deste trabalho consiste em realizar uma breve retrospectiva dessas vertentes teóricas, buscando identificar pontos de interlocução entre elas, na tentativa de apreendê-las enquanto um corpo de conhecimentos que se complementam e integram vários olhares sobre a mente humana. Abstract Paradigms of cognitive development: a brief retrospect. The human cognition has been focused by diverse inquiries in the field of the development psychology, searching to construct a theoretician-empiricist referential to guide studies and interventions in this direction. The debate has been situated around great paradigms – Piagetian, Neopiagetian, informational and contextual processing and cognitive biological-maturational/ neuroscience, being considered, sometimes, as an absolute referential of truth, and perceived as excludents among them. The objective of this work consists in carrying through a brief retrospect of these theoretical sources, searching to identify interlocution points between them, in the attempt to apprehend them while a body of knowledge that can complement and integrate some views about human mind.

0 Bookmarks
 · 
163 Views
  • Source
    [Show abstract] [Hide abstract]
    ABSTRACT: Este estudo foi realizado numa escola pública de Londrina por meio da aplicação do WISC-III a 91 pré-escolares. O objetivo foi traçar o perfil cognitivo desta população visando elaborar um quadro de suas forças e fraquezas cognitivas de modo a levantar indicadores de Dificuldades de Aprendizagem. Os resultados demonstraram que as crianças obtiveram desempenhos, de modo geral, abaixo da média de normalidade estipulada pelo manual do WISC-III, embora elas possuam habilidades de atenção e percepção visual, o que revela que têm condições neurológicas e maturacionais para estarem no pré-III.
    Encontro Anual de Iniciação Científica; 09/2009

Full-text (2 Sources)

Download
88 Downloads
Available from
May 27, 2014