Article

O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA VIA INTERNET E A AUTONOMIA DO ALUNO

Caderno Seminal Digital 01/2005; 4:77-101.

ABSTRACT Tanto as instituições públicas como os cursos livres estão oferecendo cursos de graduação, pós-graduação e cursos de idiomas on line. Os objetivos gerais deste trabalho são, primeiramente, conhecer a opinião de aprendizes de Língua Inglesa via Internet sobre esta nova tecnologia bem como verificar as contribuições, identificadas pelos aprendizes, que a nova ferramenta pode propiciar ao processo de aprendizagem. Nosso objetivo específico é analisar como os aprendizes lidam com a autonomia que a Internet lhes exige. Utilizando uma abordagem qualitativa, esta pesquisa é um estudo de caso de um curso de extensão de Inglês através da Internet oferecido por uma universidade pública. Os instrumentos utilizados para a coleta dos dados foram: diário on line, diários da professora/pesquisadora e dois questionários. Optou-se pela triangulação dos dados para uma maior confiabilidade dos resultados obtidos. Os resultados evidenciaram que nem todos os alunos souberam lidar com a autonomia que a Internet lhes exigia, apesar da maioria ter gostado de usá-la em sala de aula. Finalmente, verificamos que o uso da Internet contribuiu para a sua aprendizagem dos participantes através do aprimoramento de vocabulário e da interação com nativos ou usuários da LI.

0 Bookmarks
 · 
105 Views

Full-text

View
93 Downloads
Available from
May 16, 2014